27/02/2021 às 20h34min - Atualizada em 27/02/2021 às 12h16min

Bicampeões: Atlético-GO vence Goianésia e conquista 15º título do Campeonato Goiano

O Azulão do Vale lutou pelo seu primeiro título e conseguiu empatar com o Dragão por 1 a 1 em tempo normal; Nas penalidades, os atleticanos levaram a melhor vencendo a competição pela segunda vez consecutiva

Jaíne Amanda - editado por Anna Voloch
Após dez meses de paralisação, Atlético-GO é o campeão Goiano de 2020 (Foto: Reprodução/Heber Gomes/Atlético-GO)

Atlético-GO e Goianésia entraram em campo na tarde do último sábado (27), no Estádio Antônio Accioly, para disputar a final do Campeonato Goiano de 2020. O Azulão do Vale buscou pelo seu primeiro título no Campeonato, mas não foi feliz. O Dragão levou a melhor e trouxe o 15º título para o clube e também o bicampeonato. A partida terminou empatada em 1 a 1 em tempo normal, e o Rubro-Negro decidiu a taça nos pênaltis, vencendo por 5 a 3. 

 

Zé Roberto, centroavante do Dragão, balançou as redes no segundo tempo. Entretanto, o Goianésia empatou com Vanilson após cobrança de pênalti. Nas penalidades finais, o Atlético saiu na vantagem com cinco gols marcados e, após falha do Azulão do Vale na quarta cobrança, consagrou-se Bicampeão Goiano

 

Em uma partida equilibrada, o vice-campeão manifestou nas redes sociais destacando a determinação do clube e o orgulho em ser campeão do interior. O Atlético fez uma boa campanha na Série A do Campeonato Brasileiro, vindo de uma vitória por 3 a 1 em cima do Coritiba pela última rodada da competição. Após a conquista do título Goiano, o treinador Marcelo Cabo se despediu do Dragão e passará a treinar o Vasco da Gama na Série B.

 

PRIMEIRO TEMPO

 

Em um começo de jogo bem equilibrado, o Goianésia optou por ficar na defesa. Mas, aos 20 minutos, o Azulão do Vale bateu uma falta perigosa, na qual o goleiro atleticano fez a defesa. Após a falta, o time começou a reagir e procurar o contra-ataque. 

 

O Atlético se movimentou no ataque, mas sem nenhuma chance clara. Aos 34 minutos, Natanael chegou com perigo mas acertou a trave e desperdiçou a chance de abrir o placar para o Dragão. Com poucas chances e com mais dominío do Rubro-Negro, o primeiro tempo terminou empatado em 0 a 0. 

 

SEGUNDO TEMPO 

 

O Atlético Goiano chegou assustando. Aos 3 minutos, conseguiu abrir o placar com Zé Roberto, após receber um cruzamento de Dudu. Logo em seguida, o Goianésia teve oportunidade de empatar, mas demorou a finalizar e o jogador acabou caindo. O time pediu pênalti e o árbitro não marcou após consultar o VAR. 

 

Porém, aos 34 minutos, Dudu abriu os braços e houve um toque de mão, o que resultou em um pênalti para o Azulão do Vale. Vanilson converteou e deixou tudo igual, trazendo a esperança do título inédito para o clube. 

 

A partida terminou empatada em 1 a 1 e a decisão foi para os pênaltis. O goleiro Jean, do Atlético, foi o primeiro a cobrar e marcar. O time do Dragão converteu as cinco oportunidades, e venceu após Iran, acertar a trave na quarta cobrança do adversário. Zé Roberto, autor do gol no segundo tempo, bateu a ultima cobrança consagrando os Rubro-Negros bicampeões do Goianão.


 

PRÓXIMOS CONFRONTOS

 

O Atlético-GO volta a campo na próxima quinta-feira (4), às 15h30 (de Brasília) para enfrentar o Crac. Enquanto o Goianésia enfrenta o Goiás na quarta-feira (3), às 20h30 (de Brasília). Ambos os jogos são pelo Campeonato Goiano de 2021. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »