07/04/2021 às 11h57min - Atualizada em 07/04/2021 às 10h49min

São Paulo: após rescindir contrato, Carneiro pode assinar com gigante europeu

Jogador teve uma passagem apagada pelo tricolor e decidiu não renovar contrato

Brendo Romano - Editado por Juan Camilo
sites especializados
Carneiro participa de treino do São Paulo. Foto: Divulgação/saopaulofc.net
Após deixar o São Paulo, Gonzalo Carneiro pode estar de malas prontas para a Itália. Segundo informações do jornalista uruguaio, Rodri Vázquez, da rádio Sport 890, o atleta deve acertar contrato com a Juventus. Entretanto, o futuro do jovem não deverá ser a Velha Senhora. Ainda segundo o jornalista, Carneiro será emprestado ao Sion, da Suíça.  Dessa forma, o jovem de 25 anos tenta recuperar a forma física e o bom momento de sua carreira. Por isso, a escolha pelo futebol suíço pode ser um divisor de águas. O centroavante buscará a redenção no futebol europeu e se for bem, poderá se juntar ao plantel da Juventus no futuro. No momento, o foco é voltar a jogar com frequência e recuperar o prestígio recebido no início de sua carreira.

 
Carneiro vestindo as cores do São Paulo. Foto: Reprodução/ Rubens Chiri / São Paulo FC

ASCENSÃO METEÓRICA NO DEFENSOR SPORTING (URU) E PASSAGEM FRACA PELO FUTEBOL BRASILEIRO

Gonzalo Carneiro iniciou a sua carreira no Defensor Sporting, do Uruguai. Assim, o jovem procurava se firmar e mostrar a sua qualidade dentro de campo. Pelo clube uruguaio, foram: 41 partidas disputadas e 13 gols marcados – números que o colocavam como umas das principais promessas do país. Em 2018, o atleta ficou bem próximo de um acerto com o Grêmio, mas as equipes não entraram em acordo e o atleta permaneceu na agremiação por mais alguns meses. Dessa forma, o São Paulo entrou nas negociações e fechou com o centroavante. Na época, o clube paulista desembolsou R$ 2,6 milhões e adquiriu 50% dos direitos econômicos do passe do futebolista. Além disso, o contrato entre as partes era válido por três temporadas.


O centroavante foi uma indicação do compatriota e superintendente de relações institucionais, Diego Lugano, e tinha o apoio e aprovação da comissão técnica. Na época, o diretor-executivo do clube, Raí falou sobre a chegada do jogador e as expectativas no mesmo.
 
“Estou feliz com a chegada do Carneiro. Não só pela relação dos uruguaios com o São Paulo, mas porque é um jogador jovem, talentoso e que chega referendado. A contratação dele faz parte do nosso planejamento de montar o elenco com atletas experientes e jovens, que tenham potencial para fazer história no clube”, Disse.

No São Paulo, Gonzalo teve a oportunidade de mostrar serviço, mas pouco rendeu com a camisa do gigante brasileiro. Assim, atuou em apenas 34 partidas, anotou dois gols e distribuiu apenas uma assistência. Em 2019, foi pego no exame antidoping por uso de cocaína, foi julgado pelo TJD-AD (Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem) e suspenso por 24 meses. Assim, cumpriu 12 meses de suspensão, mas teve a sua pena reduzida após ter cumprido acordos de tratamentos.

Por isso, foi reintegrado sob o comando de Fernando Diniz. Nesse período, atuou em 10 jogos e pouco produziu. Após a saída de Diniz, foi titular em dois jogos com Marcos Vizolli. Porém, quando dava sinais que recuperaria a boa forma, se contundiu diante do Palmeiras e não teve mais chances. Dessa forma, a diretoria e o representante do atleta se reuniram e optaram por não renovar o contrato, que se encerrou no mês de março. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »