08/05/2021 às 17h06min - Atualizada em 08/05/2021 às 16h55min

Chelsea vence o City de virada e impede o título antecipado do rival

Na primeira etapa, Agüero desperdiça pênalti para os Citizens. Já na etapa final, Ziyech e Alonso marcam e garantem o triunfo dos Blues

Vinícius Garone - labdicasjornalismo.com
Jogadores do Chelsea comemoram o gol de Alonso sobre o City - Foto: Divulgação/Twitter Chelsea FC
Na "prévia" da final da Uefa Champions League, o Chelsea superou por 2 a 1 o Manchester City, de virada, neste sábado (8), no Etihad Stadium, pela 35ª rodada da Premier League. O confronto poderia dar o título para os comandados de Josep Guardiola, mas o revés segurou o grito dos donos da casa. Sterling fez o gol do City e minutos depois viu Agüero desperdiçar a penalidade com uma cavadinha. No segundo tempo, a história foi outra. Os Blues pressionaram e conseguiu a virada com gols de Ziyech e Alonso.
 
Para serem campeões ainda neste final de semana, os Citizens com 80 pontos, torcem para que o vice-líder Manchester United tropece contra o Aston Villa, neste domingo (9). Enquanto o Chelsea alcançou a terceira posição com 64 pontos.
 
PRIMEIRO TEMPO
 
Os dois times apostaram na formação com três zagueiros. E quem começou pressionando foi o City. Primeiro, Gabriel Jesus tentou o chute, mas foi travado. Na sobra, Mendy bateu forte cruzado e a bola passou próximo a trave esquerda. 
 
Depois disso, ambas as equipes passaram a ter dificuldades de criação e a partida ficou mais truncada. Os Blues tiveram sua melhor chance nos pés de Timo Werner. Depois do chute rasteiro de James, Werner com um leve toque mandou para o fundo das redes. No entanto, ele estava em posição de impedimento.
 
Já o final da primeira etapa foi emocionante. Aos 43 minutos, Gabriel Jesus ganhou na velocidade de Christensen, entrou na área e tocou para Agüero. O argentino, de frente para o gol, errou o domínio, mas Sterling não deixou passar e abriu o placar para os Citizens.
 
Posteriormente, Gabriel Jesus, em mais uma boa jogada, foi derrubado dentro da área por Gilmar, e o árbitro assinalou o pênalti. Agüero foi para cobrança e mandou uma cavadinha, porém, Mendy estava atento e defendeu com facilidade.
 
SEGUNDO TEMPO
 
​O Chelsea voltou melhor do intervalo e passou a incomodar a zaga adversária. Em contra-ataque, James avançou pela direita e passou para Ziyech. O atacante de fora da área, chutou firme e Ederson segurou a bola.
 
Após insistir, a pressão surtiu efeito e os Blues empataram aos 17 minutos. Depois de bela troca de passes envolvendo Azpilicueta, Pulisic e Ziyech, o camisa 10 da entrada da área, finalizou forte de canhota no canto esquerdo. Ederson ainda chegou a tocar na bola antes de entrar.
 
Se os Citizens não se encontrava em campo, o time de Londres prosseguiu atacando. Werner recebeu lançamento em boas condições, ganhou de Laporte, passou pelo goleiro e balançou as redes. Porém o lance foi anulado acertadamente, por impedimento.
 
E quando tudo se encaminhava para o empate, a virada do Chelsea veio aos 46 minutos da etapa final. Hudson-Odoi lançou para Werner, que ajeitou para trás. Alonso chegou chutando de perna direita, meio mascado, e anotou o gol que garantiu o triunfo dos Blues no Etihad Stadium.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS 
 
Os dois times voltam a campo na próxima semana, pelo Campeonato Inglês. O Manchester City visita o Newcastle, sexta-feira (14), no St. James' Park, às 16h (horário de Brasília). Enquanto o Chelsea faz o clássico londrino contra o Arsenal, no Stamford Bridge, quarta-feira (12), às 16h15 (horário de Brasília).

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »