02/06/2021 às 13h59min - Atualizada em 02/06/2021 às 13h59min

Lillard faz história, mas Nuggets vencem após duas prorrogações

Armador bate recorde de bolas de três em uma partida de playoffs, mas liderados por Jokic, Nuggets vencem jogo 5.

João Daniel Alves Martins
(Garrett Ellwood/NBAE via Getty Images)
Em uma partida que entrou para a história, o Denver Nuggets venceu o Portland Trail Blazers, em duas prorrogações, por 147-140, nesta terça-feira (1). O time do Colorado confirmou seu mando de quadra e  precisa vencer mais uma partida para avançar de fase.
 
Denver contou com excelente atuação do pivô sérvio Nikola Jokic, que anotou 38 pontos, 11 rebotes e nove assistências, flertando com o triplo-duplo. O time da casa também contou com 26 pontos e 12 rebotes de Michael Porter Jr. e 28 pontos de Monte Morris.
 
Pelos Blazers, o destaque foi o armador Damian Lillard, que com 55 pontos (recorde pessoal na pós-temporada), 12 bolas de três (recorde da história da NBA na pós-temporada) e dez assistências foi a principal arma ofensiva dos visitantes. O armador também foi responsável por empatar o jogo duas vezes na reta final da partida, forçando duas prorrogações.
 
O JOGO
 
O jogo começou com o time da casa comandando as ações ofensivas. Com bom aproveitamento da bola tripla (7/13) e jogando bem na defesa, Denver abriu facilmente uma vantagem de dois dígitos. Portland demorou a encaixar um ritmo de jogo e sofreu para conectar arremessos e acertar a defesa. Ao fim do primeiro quarto o placar era de 38 a 25 para os mandantes.
 
No segundo quarto o jogo coletivo de Denver continuava a funcionar. Com uma proposta agressiva, o time da casa chegou a abrir 22 pontos de vantagem no placar. Aparentemente parecia que o jogo havia "acabado" antes da metade, mas Damian Lillard e seus companheiros não se deram por vencidos. Engatando uma sequencia de 28 a 7, conseguiram encostar no placar e, com uma bola de C.J. McCollum no estouro do cronometro, o jogo foi para o intervalo com uma diferença de apenas três pontos para os donos da casa, com o placar de 65 x 62.
 
No terceiro quarto, os dois times voltaram decididos a vencer. A partida recomeçou tensa, com muitas faltas para os dois lados. Portland chegou à liderança pela primeira vez na partida faltando quatro minutos para acabar o terceiro período. A partir disso, os Blazers começaram a ditar o ritmo do jogo e fecharam o período em 94 a 92, deixando tudo em aberto para o ultimo período.
 
No ultimo quarto, o jogo ficou disputadíssimo. Com muito equilíbrio, Portland encaixou com uma sequência de 17 a 6, mas Denver se recuperou e voltou a liderar. Nos últimos minutos a partida ainda não estava decidida, tornando cada lance o mais tenso possível. O pivô dos Blazers, Jusuf Nurkic foi expulso por faltas, o que prejudicou os Blazers e enfraqueceu o jogo dentro do garrafão.
 
A partir daí, Denver explorou seus ataques dentro do garrafão com o pivô Nikola Jokic. Com apenas 13 segundos no relógio, os Blazers encurtaram a distancia para um ponto e, em seguida, fizeram falta para parar o cronometro e levar Denver a linha de lance livre. Com os dois lances livre convertidos, a vantagem voltou a ser de três pontos.
 
Com 9.8 segundos restantes e um déficit de três pontos, Lillard se encarregou do último arremesso. O armador que costuma crescer em momentos decisivos acertou uma linda bola de três pontos e mandou o jogo para a prorrogação

Na prorrogação, Denver voltou mais ligado e abriu uma vantagem de nove pontos logo de cara, praticamente liquidando a fatura. Mas Portland contava com Dame Time, que no ultimo minuto colocou o time nas costas e empatou a partida nos segundos finais, chegando à marca de 50 pontos e levando o jogo para a segunda prorrogação.

Na segunda prorrogação, o jogo seguiu parelho e, novamente, só foi decidido no último minuto. Com um erro infantil de CJ McCollum, que pisou fora da quadra na tentativa de infiltrar no garrafão, os Blazers perderam a oportunidade de empatar o jogo e a vitória ficou nas mãos de Denver, pelo placar de 147 a 140.
 
O jogo seis é quinta-feira
(3) no Moda Center, em Portland. O Denver Nuggets tem a chance de fechar a série enquanto os Blazers precisam vencer para se manterem vivos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »