18/06/2021 às 00h00min - Atualizada em 18/06/2021 às 00h01min

Pedro Castillo derrota Keiko Fujimori e é eleito novo presidente do Peru; adversária pede recontagem

O político da esquerda conquistou 50,1% dos votos, contra 49,8% da direitista

Pedro Pupulim - Editado por Júlio Sousa
Pedro Castillo discursando para apoiadores. Fonte: Sebastián Castaneda/Reuters
O Peru encerrou nesta 3ª feira (15.jun) a contagem oficial de votos de sua eleição presidencial e o candidato Pedro Castillo (Perú Libre) derrotou a adversária da direita Keiko Fujimori (Fuerza Popular). Por uma pequena diferença (0,25%), o professor venceu a disputa e deve tomar posse em 28 de julho.
 
No entanto, a vitória de Castillo ainda é apenas virtual. Diante da derrota, a filha do ex-ditador Alberto Fujimori acusou seu adversário de fraude eleitoral sem, no entanto, apresentar provas, aumentando a tensão no país. Assim, Keiko solicitou uma “auditoria informática” ao órgão eleitoral peruano (ONPE), enquanto o Júri Nacional Eleitoral (JNE) segue revisando as contestações apresentadas pela candidata.
 
O Tribunal Eleitoral Peruano condenou as “declarações políticas irresponsáveis” de Keiko Fujimori, ressaltando que as acusações sem provas “alimentam um clima de polarização social e fragilizam os órgãos eleitorais”.


 
Desta forma, nove dias após o início das eleições, o Peru segue sem anunciar oficialmente seu novo presidente, ou presidenta. A última contagem do ONPE deu a Castillo uma vantagem de quase 45.000 votos à frente de sua adversária. Agora, o resultado final dependerá da decisão do JNE acerca das impugnações.
 
No Peru o voto não é obrigatório. Contudo, o processo eleitoral desse ano contou com a participação de 74,5% da população, incluindo os peruanos que vivem no exterior. Nesse percentual, ficou nítida a diferença do perfil socioeconômico entre os eleitores de cada candidato.
 
Castillo teve a maioria de votos em 16 dos 25 departamentos eleitorais, e confirmou seu favoritismo nas regiões mais pobres do país. Keiko, contudo, concentrou seus eleitores nas zonas mais ricas, incluindo o litoral peruano, a capital Lima, e os votos vindos do exterior.
 
 
QUEM É PEDRO CASTILLO?
 
O candidato da esquerda e vencedor virtual das eleições peruanas em 2021, Pedro Castillo, é professor do ensino básico e deu aulas em uma escola rural durante 24 anos. Em 2017, seu nome ganhou projeção quando liderou uma greve nacional de professores se destacando com o discurso de “eliminar a pobreza em um país rico”.
 
Pedro se formou em educação na Universidade César Vallejo, e é mestre em psicologia educacional, começando a lecionar no ensino primário ainda nos anos 90. No entanto, tem pouca experiência na política. Além da atual eleição, o professor participou no passado de um partido de centro-esquerda e concorreu a um cargo local, mas perdeu.


 
Castillo é visto como um político populista que agrega diversas das tradicionais pautas da esquerda em seus discursos. Já defendeu a maior participação do Estado na economia, e outras políticas marxistas. Contudo, se demonstra conservador em temas sociais, como no avanço das políticas públicas em prol da ampliação de direitos das mulheres e LGBTs (o candidato já afirmou ser contra a união homoafetiva).
 
Em suas campanhas, Castillo fez promessas baseadas em três pilares: saúde, educação e agricultura. Segundo ele, serão as prioridades de seu governo. Além disso, se comprometeu a criar um milhão de empregos já no primeiro ano de governo, e a convocar uma nova Assembleia Constituinte para substituir a Constituição atual por uma nova. A Carta Magna de 1993 é um legado da ditadura imposta por Alberto Fujimori, pai de Keiko, que se opõe a modificá-la.
 
 
REPERCUSSÃO
 
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lamentou a eleição do candidato de esquerda no país vizinho, mesmo antes da oficialização. “Perdemos agora o Peru. Falta 1% de apuração lá, só um milagre pra reverter, vai reassumir lá um cara do Foro de São Paulo [suposta organização de esquerda]”, afirmou Bolsonaro.
 
O ex-presidente Lula e o presidente da Argentina Alberto Fernández celebraram a vitória de Castillo. Na quinta-feira (10), Lula o parabenizou através de sua conta oficial no twitter, e disse que o resultado das urnas peruanas é “mais um avanço na luta popular em nossa querida América Latina”. Fernández realçou a irmandade entre os dois países e desejou que os peruanos enfrentem o futuro em democracia e com “solidez institucional”.




REFERÊNCIAS:

PODER 360. Pedro Castillo é eleito presidente do Peru com 50,125% dos votos. Poder 360. 15/6/2021. Disponível em: <
https://www.poder360.com.br/internacional/pedro-castillo-e-eleito-presidente-do-peru-com-5019-dos-votos/>. Acesso em: 16 de jun. de 2021.

BAND UOL. Pedro Castillo é eleito o novo presidente do Peru. Band UOL. 10/6/2021. Disponível em: <https://www.band.uol.com.br/noticias/pedro-castillo-e-o-novo-presidente-do-peru-16353747>. Acesso em: 13 de jun. de 2021.

EXAME. Quem é Pedro Castillo, eleito presidente do Peru; votos serão reavaliados. Exame. 10/6/2021. Disponível em: <https://exame.com/mundo/quem-e-pedro-castillo-presidente-peru/>. Acesso em: 12 de jun. de 2021.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »