19/06/2021 às 22h10min - Atualizada em 19/06/2021 às 22h03min

Phoenix Suns e Los Angeles Clippers medem forças nas finais da Conferência Oeste

As equipes buscam seu primeiro título na liga e tem mais um duro desafio pela frente

João Daniel Alves Martins - Editado por Nayra Antunes
Christian Petersen/Getty Images
Phoenix Suns x Los Angeles Clippers se enfrentam nas finais da Conferência Oeste. Neste domingo (20), às 16h30 (horário de Brasília), duas das equipes mais fortes da liga disputam entre si uma vaga nas finais da NBA.
 
PHOENIX SUNS
 
O Phoenix Suns vai em busca de sua primeira final da NBA desde 1993. Depois de vencer o Denver Nuggets nas semifinais do Oeste de maneira afirmativa, sem perder nenhum jogo, o Suns chegam às finais do Oeste com a confiança no alto. Mostrando um basquete envolvente, com um jogo coletivo e uma defesa forte, o time comandado por Monty Williams é apontado como favorito para vencer o Oeste e avançar para as finais, visando conquistar seu primeiro título.
 
Os Suns jogam esta série com um desfalque importante. O armador Chris Paul contraiu a Covid-19 e, de acordo com os protocolos de saúde e segurança da NBA, deve permanecer em isolamento até estar curado. O armador deve perder boa parte da série, mas tem chance de jogar. Sem CP3, o desafio dos Suns é maior, mas eles ainda contam com Devin Booker. O ala armador teve médias de 25 pontos e quase oito rebotes na série contra o Denver Nuggets, e deve ser a principal arma ofensiva do time. Do outro lado da bola, Jae Crowder e Mikal Bridges são os principais defensores, mas com um jogo conjunto, entre titulares e reservas, os Suns conseguem ter um ataque balanceado e uma defesa sólida.
 
Mesmo com o desfalque de Chris Paul, o Phoenix Suns mostra ser um time competente, capaz de controlar a série e seguir rumo a um título jamais conquistado pela franquia.
 
Time titular (sem Chris Paul): Cameron Payne, Devin Booker, Mikal Bridges, Jae Crowder e Deandre Ayton.
 
LOS ANGELES CLIPPERS
 
Os Clippers chegam na final da Conferência, após uma série pegada contra o Utah Jazz. Paul George comandou o time de L.A. na vitória, após seis jogos contra o time número um da conferencia Oeste. O time começou a série jogando mal, perdeu os dois primeiros jogos fora de casa, mas mostrou força de reação. Venceu quatro jogos seguidos, e chega às finais da Conferencia com a confiança no alto, apesar do cansaço depois de uma série de seis jogos.
 
Assim como os Suns, os Clippers chegam para essa série sem um de seus principais jogadores. Kawhi Leonard sofreu uma lesão no joelho durante o jogo 4 das semifinais e não voltou desde então. Ainda não se sabe muito sobre a lesão, mas tudo indica que ele ficará fora dos dois primeiros jogos da série. Sem Kawhi, a outra estrela vai precisar assumir a responsabilidade. Paul George teve uma boa série contra o Utah Jazz, com médias de 29 pontos e nove rebotes, deu a volta por cima, após uma atuação fraca nos dois primeiros jogos. O time também contou com boas atuações de Reggie Jackson durante toda a série e Terance Mann, que teve importantes atuações, principalmente, nos dois últimos jogos da série, com ênfase no jogo 6, no qual o armador anotou 39 pontos.
 
O Los Angeles Clippers busca manter as boas atuações para vencer a série contra o Phoenix Suns e continuar na luta pelo primeiro título da história da franquia.
 
Time titular (sem Kawhi Leonard): Terance Mann, Reggie Jackson, Paul George, Marcus Morris, Nicolas Batum.
 
Confrontos na temporada regular:
03/01: Los Angeles Clippers 112 x 107 Phoenix Suns
08/04: Phoenix Suns 103 x 113 Los Angeles Clippers
28/04: Los Angeles Clippers 101 x 109 Phoenix Suns
 
Datas do confronto (Horário de Brasilia):
20/06: Phoenix Suns x Los Angeles Clippers – 16h30
22/06: Phoenix Suns x Los Angeles Clippers – 22h
24/06: Los Angeles Clippers x Phoenix Suns – 22h
26/06: Los Angeles Clippers x Phoenix Suns – 22h
(Se necessário)
28/06: Phoenix Suns x Los Angeles Clippers – 22h
30/06: Los Angeles Clippers x Phoenix Suns – 22h
01/07: Phoenix Suns x Los Angeles Clippers – 22h
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »