27/06/2021 às 15h44min - Atualizada em 27/06/2021 às 15h31min

Na prorrogação, Itália vence a Áustria e avança às quartas da Euro

Após um empate sem gols nos primeiros 90 minutos, as equipes protagonizaram uma prorrogação disputada e emocionante até o fim

Wagner Maciel - labdicasjornalismo.com
Chiesa e seus companheiros comemoram o primeiro gol da vitótia italiana - Foto: Frank Augstein/AFP

Pelas oitavas de final da Euro, a seleção da Itália derrotou a Áustria por 2 a 1, no último sábado (26). A partida aconteceu no estádio Wembley, com a presença de cerca de 18 mil torcedores. Os fãs presentes e os espectadores ao redor do mundo viram nos primeiros 90 minutos um jogo disputado, mas sem gols. No entanto, ao apito inicial da prorrogação, os jogadores travaram uma verdadeira batalha dentro de campo. Os atletas de maior destaque no jogo foram Chiesa e Pessina, que balançaram as redes para a Azzurra. Destacaram-se também os atacantes Schaub e Kalajdzic, que não deixaram a esperança de seus torcedores morrer até o fim do jogo. 

 

PRIMEIRO TEMPO  

 

Mesmo com um equilíbrio na posse de bola, a Itália mostrou-se mais dominante no total de finalizações. A Azzurra chutou 12 vezes à meta do goleiro Daniel Bachmann, mas apenas dois chutes foram no alvo. Em contrapartida, o Wunderteam chutou apenas uma vez ao gol adversário. A principal chance de gol da primeira etapa saiu dos pés de Ciro Immobile. O camisa 17 recebeu de costas para o gol, girou e, de fora da área, finalizou de pé direito, mas a bola explodiu na trave de Bachmann.

 

SEGUNDO TEMPO

 

Pressionada nos primeiros 45 minutos, a seleção da Áustria retornou para o segundo tempo com uma postura ofensiva que surpreendeu a Azzurra. O número de chutes a gol dos austríacos subiu, a começar por uma cobrança de falta de Alaba, que passou por cima do gol de Donnarumma. Posteriormente, aos 22 da segunda parte, o Wunderteam assustou os italianos: após uma cabeçada de Alaba, Arnautović balançou as redes, mas, após revisão do VAR, o gol foi anulado. O jogo caminhava para a prorrogação e Roberto Mancini, treinador italiano, modificou seu time para vencer sem ir para os pênaltis.

 

PRORROGAÇÃO 1º TEMPO 

 

Logo aos cinco minutos, a Itália viu os efeitos das alterações. O camisa dez italiano, Insigne teve a chance de marcar depois de receber um passe de Immobile, mas chutou por cima do gol. Em seguida, após uma virada de jogo de Spinazzola, Chiesa amorteceu a bola, limpou o zagueiro e chutou de perna esquerda para dar a vantagem à sua equipe. A Azzurra se manteve no campo de ataque durante a maior parte do primeiro período da prorrogação e chutou cinco vezes ao gol. 

 

O aproveitamento dos jogadores italianos foi melhor depois do fim do tempo regulamentar. Esse fato se sacaramentou pelos pés de Matteo Pessina. O camisa 32 recebeu um passe de Acerbi, próximo da pequena área, e estufou a rede com um chute de perna esquerda. O segundo gol levou os torcedores e a comissão técnica italiana ao delírio, enquanto os adversários pensavam em uma maneira de empatar o jogo ou tirar a vantagem do placar. Mas, para isso, seriam necessários, no mínimo, dois gols.

 

2º TEMPO 

 

A segunda etapa foi dominada pela surpreendente Áustria, que teve 69% da posse de bola e finalizou cinco vezes ao gol. A esperança da equipe foi fortalecida por Louis Schaub e Kalajdzic, que foram responsáveis pelo único gol austríaco, nascido de um escanteio cobrado por Schaub e marcado por Kalajdzic A dupla conseguiu quebrar a sequência italiana de 11 jogos sem sofrer gol. Entretanto, o esquadrão de Mancini conseguiu se manter na vantagem do jogo até o momento em que o árbitro, Anthony Taylor, apitou o fim do duelo e a classificação da Azzurra. 

 

PRÓXIMOS DUELOS

 

Sem perder há 31 jogos, a Itália encara nas quartas de final o vencedor de Bélgica e Portugal. Jogo será na Allianz Arena, na cidade de Munique, na Alemanha, na próxima sexta-feira (2 de julho), às 16h (Brasília). Já a Áustria volta aos gramados só em setembro, para enfrentar a Moldávia pelas eliminatórias da Copa do Mundo 2022


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »