01/07/2021 às 10h36min - Atualizada em 01/07/2021 às 09h29min

Com Chris Paul no comando, Suns avançam para as finais da NBA

Armador anota 41 pontos, Suns derrotam Clippers, fecham a série em 4 a 2 e retornam às finais da NBA depois de 28 anos

João Daniel Alves Martins
Chris Paul, do Phoenix Suns, foi o destaque do jogo. Foto: Reprodução NBA/Twitter
O Phoenix Suns venceu o Los Angeles Clippers nesta quarta-feira (30) por 130 a 103, no Staples Center, em Los Angeles. A vitória deu o titulo da Conferencia Oeste ao time, que retorna às finais da NBA após 28 anos.  Chris Paul comandou as ações ofensivas dos Suns. Com 41 pontos -- sendo 31 no segundo tempo e oito assistências --, foi o principal pontuador da equipe, que também contou com 22 pontos de Devin Booker, 19 de Jae Crowder e Deandre Ayton com um duplo-duplo de 16 pontos e 17 rebotes.
 
Pelos Clippers, os principais jogadores não conseguiram se destacar. O principal pontuador foi Marcus Morris com 26 pontos e oito rebotes. Paul George, que vinha de uma atuação de 41 pontos no jogo cinco, marcou apenas 21 no jogo seis. Reggie Jackson também teve noite apagada, com 13 pontos e oito assistências.
 
O JOGO
 
A partida começou com as duas equipes dispostas a vencer. Os Suns entraram mais ligados na partida e logo abriram uma vantagem de seis pontos, deixando os Clippers sem reação e forçados a parar o jogo. Após o pedido de tempo, os donos da casa acordaram para o jogo e conseguiram virar o placar, mas após tomar a liderança, os Suns voltaram a liderar após uma corrida de 9 a 0. Ao final do primeiro período, os Suns lideravam por 33 a 29.
 
O segundo período começou com os Suns em mais uma corrida sem resposta dos Clippers, que forçaram os donos da casa a parar o jogo mais uma vez. Como no primeiro quarto, os Clippers melhoraram durante o período e conseguiram voltar pro jogo e empataram o duelo em 50 a 50. Com Jae Crowder pegando fogo no segundo período e matando bolas de três importantes, os Suns se mantiveram na liderança e foram para o intervalo com o placar favorável de 66 a 57.
 
Na volta do intervalo, os Suns vieram determinados a fechar a série ali mesmo. Melhor dos dois lados da quadra, os visitantes chegaram a abrir 17 pontos, forçando o técnico dos Clippers a parar o jogo mais uma vez. Novamente, após a parada os Clippers voltaram acordados para o jogo e com uma corrida de 10 a 0, encostaram no placar e deixaram o jogo aberto mais uma vez. Com o placar apertado, os Suns contaram com o armador Chris Paul, que como um maestro comandou as ações ofensivas do time, chamou a responsabilidade para si e anotou ponto atrás de ponto, fecharam o terceiro quarto em 97 a 83 para os Suns.
 
O último período começou mais uma vez com os Suns no comando do placar. Chris Paul anotou seis pontos seguidos, ampliou a vantagem dos visitantes. Mais uma vez, Los Angeles parou o jogo, mas na volta do pedido de tempo não conseguiu acordar, e com CP3 inspirado, a liderança dos Suns aumentou.

 
Com um excelente último período, os Suns abriram larga vantagem e se mantiveram na liderança. Ainda deu tempo para Patrick Beverly ser expulso após empurrar Chris Paul pelas costas com o jogo parado. Com os titulares dos dois times já no banco, os Suns fecharam o jogo em 130 a 103. Agora Phoenix espera o vencedor da Conferencia Leste para saber seu adversário nas finais da NBA.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »