09/07/2021 às 09h44min - Atualizada em 09/07/2021 às 09h37min

Phoenix vence Milwaukee e abre 2 a 0 nas finais

Donos da casa contam com grande atuação de quinteto titular e “mão quente” nas bolas de três

João Daniel Alves Martins - labdicasjornalismo.com
Devin Booker foi a principal arma ofensiva de Phoenix. (Michael Chow/Arizona Republic)
O Phoenix Suns venceu o Milwaukee Bucks por 118 a 108 no jogo dois das Finais da NBA. Com a vitória, Phoenix abriu 2 a 0 na série e está a duas vitórias de conquistar o titulo inédito da NBA. O jogo três é domingo (11), às 22h (horário de Brasília), em Milwaukee.
 
Os donos da casa contaram com boas atuações do quinteto titular e uma artilharia pesada da bola tripla. Todos os cinco tiveram mais de 10 pontos, com ênfase em Devin Booker, que anotou 31 pontos, seis assistências, cinco rebotes e sete bolas de três. Chris Paul teve 23 pontos e oito assistências. Mikal Bridges foi a surpresa da partida com 27 pontos e 7 rebotes. Deandre Ayton (10 pontos e 11 rebotes) e Jae Crowder (11 pontos e 10 rebotes) terminaram o jogo com um duplo-duplo.
 
Pelos Bucks, Giannis Antetoukounmpo foi o destaque. Com uma atuação fenomenal de 42 pontos, 12 rebotes, quatro assistências e três tocos, foi o único dos visitantes que passou dos 20 pontos. As duas estrelas ao seu lado tiveram atuações apagadas. Jrue Holliday com apenas 17 pontos e Khris Middleton com 11, ambos com aproveitamento de arremessos muito ruim. A surpresa foi Pat Connaughton, com 14 pontos vindo do banco.
 
O JOGO
 
O jogo começou com os Bucks agressivos dentro do garrafão. Com Giannis e Holliday combinados para 12 pontos, todos dentro da área pintada. Os Suns pontuavam de maneira contraria. Todos os primeiros 12 pontos da equipe vieram de bolas de três. E o primeiro quarto seguiu assim, Milwaukee forte no garrafão dos dois lados da quadra, e Phoenix se mantiveram viva na partida com excelente aproveitamento da bola tripla (8-14 no quarto). Ao final do período, o placar era de 29 a 26 para os visitantes.
 
No segundo quarto, o gás de Milwaukee no garrafão parecia estar acabando. O time não conseguiu manter a agressividade e, com Middleton e Holliday frios no jogo, Phoenix começou a mandar no jogo. Com muita coletividade e boa atuação de Mikal Bridges, com 13 pontos no primeiro tempo, a franquia do Arizona foi para o intervalo liderando o jogo em 56 a 45.
 
Na volta do intervalo, Giannis chegou com o pé no acelerador. O grego anotou 13 dos 18 pontos inicias dos Bucks e diminuiu a liderança para cinco pontos. O grego anotou 20 pontos no período, maior marca de um jogador nas finais nos últimos 25 anos. Do outro lado, Booker e Paul combinavam para 20 pontos e aumentavam ainda mais a vantagem dos mandantes. No fim do quarto os donos da casa se encaminhavam para o último período com o placar em 88 a 76 favorável.
 
No ultimo quarto, os Bucks novamente conseguiram diminuir a diferença para cinco pontos. Mas, com uma boa sequencia de Devin Booker que anotou duas bolas de três seguidas, o placar voltou a esticar. Assim como no jogo todo, Phoenix manteve um bom aproveitamento da bola de três e aumentou a vantagem, o que foi fundamental para inibir qualquer reação do Bucks. No fim, os Suns abriram uma vantagem que os Bucks não conseguiram reverter, e o time da casa confirmou seu mando de quadra com o placar de 118 a 108.

 
A SÉRIE: PHOENIX SUNS 2 x 0 MILWAUKEE BUCKS
Jogo 1 Bucks 105 x 118 Suns
Jogo 2 Bucks 108 x 118 Suns
Jogo 3 Suns x Bucks: Domingo, 11/07, às 21h
Jogo 4 Suns x Bucks: Quarta-feira, 14/07, às 22h
Jogo 5 Bucks x Suns: Sábado, 17/07, às 22h*
Jogo 6 Suns x Bucks: Terça-feira, 20/07, às 22h*
Jogo 7 Bucks x Suns: Quinta-feira, 22/07, às 22h*
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »