12/06/2019 às 13h32min - Atualizada em 12/06/2019 às 13h32min

Diante da Argentina, Brasil conquista Campeonato Mundial de Futsal Down pela primeira vez

Invicta na competição, seleção brasileira desbancou eternos arquirrivais na decisão na final e sagrou-se campeã de forma inédita

Lúcia Oliveira - Editado por Taynã Melo
Foto: F.L.Piton/Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto

O II Campeonato Mundial de Futsal Down aconteceu em terras brasileiras, especificamente em Ribeirão Preto, São Paulo, no Ginásio Cava do Bosque, entre os dias 28 de maio a 5 de junho. Argentina, Chile, Itália, México, Peru e Portugal disputaram a taça da competição junto ao Brasil.

A seleção brasileira começou com o pé direito na disputa e manteve 100% de aproveitamento até o fim. Estreando contra a Argentina, a equipe venceu por 5 a 2. No segundo jogo, bateu o Chile por 7 a 2. Na terceira e última partida da primeira fase, ganhou de Portugal por 8 a 5. Na semifinal, o Brasil encarou o México e conquistou uma vaga na final do campeonato depois de vencer por 8 a 2.


Foto: F.L.Piton/Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto

Foto: F.L.Piton/Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto


 

Para a tão esperada final, uma surpresa: a seleção faria sua última partida contra os mesmos jogadores que encarou na estreia, os argentinos. Em quadra, a rivalidade era nítida, típica de Brasil e Argentina. Na arquibancada, muita alegria e admiração.  

No primeiro tempo, o jogo foi tranquilo para os brasileiros, tanto que o Brasil foi para o intervalo com 5 a 1 no placar. Na segunda etapa, depois que os brasileiros aumentaram a vantagem para 6, a Argentina esboçou uma reação, marcando mais três gols.
 

Renato, artilheiro da competição (Foto: F.L.Piton/Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto)

Renato, artilheiro da competição (Foto: F.L.Piton/Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto)



A ótima atuação do goleiro Rafael, eleito o melhor defensor da competição, não permitiu que os hermanos fossem além no placar. A esperança argentina acabou definitivamente depois que Renato, artilheiro da disputa com 21 gols, marcou o último gol da partida, estabilizando o placar em 7 a 4 e colocando o Brasil como campeão do Mundial de Futsal Down pela primeira vez na história da equipe.

Em entrevista ao fim do jogo, o técnico Cleiton Maurício destacou a importância da conquista:

“Esse grande futebol que foi apresentado, essa grande final, vai estimular ainda mais a Seleção. Agora ninguém pode falar que não somos capazes, fomos capazes e somos campeões mundiais”

O futsal para atletas com Síndrome de Down existe há 17 anos no Brasil, mas só em 2011 foi formada uma seleção para representar o país. Além disso, diferente do que acontece em outras nações, um dos principais motivos para essa modalidade não ser tão reconhecida nacionalmente é o fato de que a CBF não a patrocina. A equipe conta somente com o apoio da Associação Brasileira de Desportos para Deficientes Intelectuais (ABDEM) e da Confederação de Desportos para Deficientes Intelectuais (CBDI). 

Em 2018, essa mesma seleção campeã não pôde ir à primeira edição do Campeonato Mundial de Futsal para Down, que aconteceu em Portugal, por falta de investimentos. A ABDEM e a Federação Paulista de Futsal fizeram uma campanha, que começou em 2016, a qual visava arrecadar fundos suficientes para custear o time canarinho. O objetivo, infelizmente, não foi atingido.  

Essa modalidade ainda exige muito reconhecimento e investimento. Os atletas com Down, em seu próprio país, não são agraciados com tantas oportunidades de inclusão no futsal, bem como em tantos outros esportes. O Corinthians, por exemplo, é o único time nacional que tem uma equipe Down própria, mais conhecida como “Timão Down”.  

Apesar disso, as tantas dificuldades não foram obstáculos capazes de barrar os brasileiros, na edição do Mundial Down de 2019. Sagraram-se campeões diante da arquirrival Argentina, com uma campanha invicta, banhada de muita dedicação, esperança, felicidade e inclusão.  


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »