15/08/2021 às 10h56min - Atualizada em 15/08/2021 às 10h41min

Bom Prato suspenso aos finais de semana

Com alegação que sobrava comida nos restaurantes, segundo a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social

Marina Miano Cardoso - Editado por Ynara Mattos
30 unidades do Bom Prato fecham aos finais de semana. Créditos/Reprodução: site O Grande ABC

Na sexta-feira (06/08) o Governo de São Paulo anunciou que a partir de sábado (07/08) iria interromper o funcionamento de 30 unidades do Bom Prato aos finais de semana, a medida foi tomada porque estava sobrando comida nesses restaurantes, de acordo com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social. 

 

São Paulo possui, atualmente, 59 unidades do Bom Prato, 22 só na capital. São servidas cerca de 97 mil refeições por dia, segundo a pasta. 

 

Durante a pandemia, o atendimento das unidades foram estendidos para auxiliar as pessoas que estão em situação de rua e as que tiveram uma diminuição ou perda de renda. Por isso, a medida de fechamento está sendo contestada, o deputado estadual Emídio de Souza, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alesp, enviou ao Governo um ofício cobrando esclarecimentos.

 

Também, na sexta-feira (06/08), as prefeituras de Osasco e Itapevi solicitaram ao governador para que as unidades nesses locais continuassem funcionando normalmente aos finais de semana. 

 

Essa não é a primeira vez que o Governo de São Paulo decide interromper o funcionamento do Bom Prato com a justificativa de queda na demanda. Em dezembro do ano passado foi anunciado que quase todas as unidades teriam a distribuição de jantar cortada, com exceção de Campos Elíseos e São Bernardo. Após ser questionado sobre a decisão, o Estado recuou. 

 

Valores das refeições:

  • Café da manhã - R$ 0,50.
  • Almoço e janta - R$ 1,00. 
 

Unidades que param de funcionar aos finais de semana: 

 

Araçatuba;

Barretos;

Botucatu;

Cidade Ademar;

Cubatão;

Grajaú;

Guarujá;

Guarulhos;

Heliópolis;

Itaim;

Itapevi;

Itaquaquecetuba;

Jandira;

Jundiaí;

Limão;

Limeira;

Mogi das Cruzes;

Osasco;

Paraisópolis;

Perus;

Santo André;

Santos;

Santos (Zona Noroeste);

Santos (Morro);

São Carlos;

São José do Rio Preto;

São Miguel Paulista;

São Vicente;

Sorocaba;

Taboão da Serra e

Tucuruvi.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »