30/09/2021 às 16h55min - Atualizada em 30/09/2021 às 16h43min

Brighton recebe o Arsenal e quer manter a boa fase na Premier League

Ambas as equipes mostraram bons jogos nas rodadas anteriores.

Caio Henrique Panini de Oliveira - labdicasjornalismo.com
Brighton e Arsenal no último jogo da temporada passada (foto/ reprodução: Premier League)
Brighton e Arsenal jogam neste sábado (2), às 13h30 (horário de Brasília), no Falmer Stadium. A partida é válida pela 7ª rodada da Premier League 2021/22. Atualmente, o time da casa está na 6ª colocação do Campeonato Inglês, com quatro vitórias, um empate e uma derrota, ou seja, conquistou 13 pontos. Os Gunners tiveram um início abaixo na competição, mas subiram na tabela. O clube ocupa a 10ª posição, venceu três e perdeu três e está com nove pontos.

BRIGHTON

The Albion teve um começo de temporada elogiado pela mídia e torcedores. A equipe tinha chance de se tornar líder na última rodada, mas empatou diante do Crystal Palace em 1 x 1. O atacante Neal Maupay começou bem a temporada e marcou metade dos gols que a equipe fez no Campeonato Inglês. São quatro gols em seis jogos. Entretanto, o Brighton possui jogadores no departamento médico. Tudor Baluta está com uma lesão desconhecida e não tem previsão de volta. O zagueiro Adam Webster tem um problema na coxa e não há previsão para o seu retorno.
 
O técnico Graham Potter pode continuar com o esquema 5-4-1. Dessa forma, o meio de campo deve ter Lallana e Groß. No confronto contra o Crystal Palace, a equipe teve mais criatividade, e assim, criou mais oportunidades. O treinador comentou um pouco sobre a próxima partida do Brighton diante dos Gunners: “Você pode ver a qualidade do Arsenal, jogadores jovens fantásticos, muito organizados”. E completou falando da importância do zagueiro Joel Veltman: “um profissional modelo e um grande cara que se adaptou bem a uma nova liga, um novo clube e um novo país"


Jogadores do Brighton no treino desta semana (foto/ reprodução: Brighton & Hove Albion)
 
Nesta semana, o time treinou com a maioria dos titulares a disposição. Entretanto, Potter tem duas dúvidas. O meio-campista Bissouma está se recuperando de uma lesão  que sofreu diante do Leicester City. Então, o camisa oito será avaliado antes da partida. O atacante Welbeck possui um pequeno problema na coxa, porém, deve estar à disposição. O atleta inglês joga mais aberto pelo lado esquerdo do campo e ajuda na parte defensiva.

Possível Escalação: Sánchez, Veltman, Burn, Duffy, Cucurella, Lallana, Groß, Trossard, Welbeck (Mac Allister), Maupay. Técnico: Graham Potter.

ARSENAL

Nesta semana foi confirmada a lesão do capitão Xhaka. O meio-campista fica longe dos gramados por três meses por conta de uma lesão no joelho. A tendência é que Lokonga substitua o suíço no jogo diante do Brighton. Além disso, o goleiro Ramsdale, que foi contratado na última Janela de transferências, continua como titular da equipe de Londres. Mikel Arteta pode manter o mesmo trio ofensivo que venceu diante do Tottenham por 3 x 1. Naquele jogo, Saka, Smith Rowe e Aubameyang começaram como titulares.


O capitão Xhaka, que está fora por três meses (foto/ reprodução: Arsenal)
 
Após um início de temporada abaixo do esperado pela torcida, o Arsenal conseguiu se recuperar e busca a 4ª vitória consecutiva na Premier League. Arteta concedeu uma entrevista coletiva e disse que está contente com o rendimento defensivo da equipe. Os zagueiros Gabriel e Ben White e os laterais Tomiyasu e Tierney oferecem um proteção na zaga e uma saída de bola que encaixa no esquema tático do comandante espanhol. Por fim, Mikel disse um pouco sobre a fase atual dos Gunners: “Cada derrota é uma crise e deveria ser uma crise. Você tem que lidar com essa pressão e, se você quer ser o melhor, deve conseguir lidar com isso”.

Possível Escalação: Ramsdale, Tomiyasu, Ben White, Gabriel, Tierney, Lokonga, Partey, Saka, Odegaard, Smith Rowe e Aubameyang. Técnico: Mikel Arteta.

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Ao todo, as equipes se enfrentaram 23 vezes. O Brighton possui cinco vitórias, o Arsenal 14 e são quatro empates. A maior goleada aconteceu na League Cup 1979/80 (atual Copa da Liga Inglesa). Naquela ocasião, os Gunners venceram por 4 x 0. São 17 gols feitos pelo The Albion e 40 para o clube londrino.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »