06/10/2021 às 19h43min - Atualizada em 06/10/2021 às 15h27min

São Paulo e Santos fazem o clássico da rodada

O jogo entre dois times ameaçados pela zona de rebaixamento marca a volta da torcida no Morumbi

Caio Henrique Panini de Oliveira - labdicasjornalismo.com
Estádio do Morumbi, que terá publico após 1 ano e sete meses (foto/ reprodução: São Paulo FC)
São Paulo e Santos jogam nesta quinta-feira (7), às 18h30 (horário de Brasília). A partida é válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro 2021 e acontece no estádio do Morumbi. O Tricolor Paulista empatou diante da Chapecoense em 1 x 1 e perdeu a oportunidade de subir na tabela. Atualmente, ocupa a 13ª posição com 28 pontos. O Alvinegro Praiano perdeu para o Juventude por 3 x 0 e está na 16ª colocação e conquistou 24 pontos.

SÃO PAULO

O jogo no Morumbi marca a volta da torcida no estádio. A última partida com público aconteceu em um São Paulo e Santos, válido pelo Campeonato Paulista de 2020. Naquele confronto, o Tricolor Paulista venceu por 2 x 1. Desde então, nenhum confronto foi realizado com fãs nas arquibancadas. A partida desta quinta-feira (7) será o primeiro clássico paulista com a volta de torcedores presencialmente. 

Após empatar em 1 x 1 contra a Chapecoense, o clube realizou uma reunião entre os dirigentes para decidir o futuro do técnico Hernán Crespo. A decisão foi de manter o comandante no time. O argentino está invicto em clássicos disputados no Morumbi. Além disso, no início da temporada 2021, o São Paulo venceu por 4 x 0 o Santos. Entretanto, na Vila Belmiro, em jogo válido pelo 1º turno, o Peixe conquistou o triunfo por 2 x 0. 



Crespo com os garotos de Cotia (foto: Erico Leonan/ reprodução: São Paulo FC)

Gabriel Sara treinou sem problemas e deve estar à disposição do técnico Crespo. O meio-campista treinou normalmente ao lado dos companheiros e mostrou estar recuperado de sintomas de gripe, que o deixou de fora do jogo diante da Chapecoense. Além disso, o camisa 21 pode começar como titular no clássico diante do Santos. Nas atividades realizadas na terça-feira (5), o jovem esteve entre os titulares no CT da Barra Funda.

Provável Escalação: Volpi, Igor Gomes, Miranda, Léo, Reinaldo, Luan, Liziero, Nestor, Sara (Benítez), Luciano e Rigoni. Técnico: Crespo.

SANTOS

Neste último final de semana, o Santos não entrou em campo diante do Fluminense. A partida entre as equipes foi adiada porque o clube quis esperar para ter torcida em seu estádio -- no domingo, isso ainda não era permitido. Assim, o time teve mais tempo para se preparar. Carille pode manter o esquema com três zagueiros. Porém, os defensores Luiz Felipe, Kaiky Fernandes e Robson Reis são dúvidas para o confronto. Dessa forma, o treinador deve manter o esquema tático, mas com nomes diferentes no setor defensivo.

Outro possível desfalque é o lateral-direito Madson. O jogador não entra em campo há quase um mês e está jogando na equipe sub-23. Fabio Carille pode optar no 3-5-2 com dois alas ofensivos. Afinal, o São Paulo possui dois laterais que vão ao ataque (Reinaldo e Orejuela). No setor ofensivo, Marinho e Léo Baptistão devem começar como titulares. A novidade fica com Diego Tardelli, que pode ser escalado como meio-campista.


Diego no treino desta semana (foto/ reprodução: Santos FC)

Essa mudança no setor ofensivo é feita pelo fato de que o Santos não marca um gols a mais de um mês. A última vez que o clube balançou as redes foi diante do Cuiabá, em jogo válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dessa forma, no comando de Carille, o Peixe não fez um gol. Então, com esse problema no ataque, o treinador pensa em colocar uma equipe mais ofensiva, com Tardelli no meio de campo e dois atacantes mais perto do gol adversário.

Provável Escalação: João Paulo, Danilo Boza, Velázquez, Wagner Leonardo, Marcos Guilherme (Pará), Camacho, Sánchez, Felipe Jonathan, Diego Tardelli, Marinho e Léo Baptistão. Técnico: Fabio Carille.

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

São Paulo e Santos fazem um dos principais clássicos do futebol brasileiro. Ao todo, são 280 jogos, com 119 triunfos para o Tricolor Paulista, 91 para o Peixe e 70 empates. A maior goleada aconteceu no Campeonato Paulista de 1944. Naquela ocasião, o Soberano venceu por 9 x 1. Por fim, são 467 gols marcados pelo Tricolor do Morumbi e 397 para Alvinegro Praiano.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »