17/06/2019 às 09h18min - Atualizada em 17/06/2019 às 09h18min

Uruguai goleia Equador sem dificuldades e confirma favoritismo na estreia da Copa América

Celestes começam com pé direito e atuação impecável dos atacante Edinson Cavani e Luis Suárez

Juan Pablo - Editado por Taynã Melo
Cavani e Suárez comprovaram protagonismo esperado e foram determinantes em goleada (Fotos: Divulgação/AUF Uruguai)

Neste domingo (16), na primeira rodada do Grupo C, entre Uruguai e Equador estrearam na Copa América 2019, em jogo disputado no Mineirão, em Belo Horizonte/MG. A seleção comandada por Óscar Tabárez goleou com autoridade a seleção equatoriana, com destaque para a dupla de ataque formada por Luis Suárez e Edinson Cavani, que tiveram uma atuação espetacular, determinante para o placar elástico.

Primeiro tempo

Aos seis minutos, Nicolás Lodeiro abriu o placar para o Uruguai com um golaço. O Uruguai dominou o jogo, e ficou ainda mais confortável com a expulsão do lateral Quintero. O jogador deu uma cotovelada em Lodeiro e tinha sido inicialmente advertido com cartão amarelo, mas depois de revisão de lance e conversa com videoarbitragem, o brasileiro Anderson Daronco optou por expulsar diretamente o atleta equatoriano. Isso determinou a construção da goleada. Aos 33', a estrela Cavani fez um golaço de voleio e antes desse gol, havia tentado um gol de letra só que o goleiro defendeu. E ainda teve tempo para marcar o terceiro aos 44' da etapa inicial. Depois de escanteio cobrado e desvio de Lodeiro, Suárez completou para o gol completamente livre de marcação.



Segundo tempo

O ritmo da partida caiu com a larga vantagem celeste. Uruguai continou com a maior posse de bola, com poucos sustos oferecidos pelo Equador. Mas teve tempo para a vitória uruguaia se tornar uma goleada. Aos 34 minutos, o zagueiro Arturo Mina tentou tirar a bola da área, mas encobriu o goleiro Domínguez e balançou as próprias redes. Gol contra e o 4 a 0 no placar para a seleção do Rio da Prata.

Próxima rodada

O Uruguai enfrenta o Japão na próxima quinta-feira (20), às 20 horas, em jogo a ser realizado na Arena do Grêmio, em Porto Alegre/RS. Por sua vez, o Equador entra em campo 24 horas mais tarde para enfrentar o Chile às 20 horas da próxima sexta-feira (21) na Arena Fonte Nova, em Salvador/BA.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »