13/10/2021 às 13h02min - Atualizada em 13/10/2021 às 10h33min

Com grande atuação de Jailson, Palmeiras e Bahia empatam

O alviverde não vence há 5 jogos e tem o pior pontuação no returno do campeonato; Bahia segue na luta para evitar 4° rebaixamento

Arthur Dias - labdicasjornalismo.com
Defesa alviverde garante o empate com o Bahia - Reprodução/O Vale


Na noite desta terça-feira (12), o Bahia empatou com o Palmeiras em 0 a 0, partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Fonte Nova, em Salvador. O resultado não foi o ideal para ambos os times devido as pretensões de cada um deles no Brasileirão.
 

O Palmeiras emplacou mais uma sequência negativa com o jogo de ontem: nos últimos cinco jogos, o alviverde não obteve nenhuma vitória: foram dois empates e três derrotas. Esta marca palmeirense configura a pior campanha de returno entre os 20 times que disputam a Série A do futebol brasileiro e estaria na última colocação, atrás até mesmo do atual lanterna da competição, a Chapecoense. Atualmente, o Palmeiras se encontra na 4ª posição na tabela.
 

Para o Bahia, o resultado foi ainda pior. O tricolor de aço, agora comandado por Guto Ferreira, está na 17ª colocação. Portanto, é o primeiro na zona de rebaixamento do campeonato,  a um ponto do primeiro time fora do Z-4, o Santos, que possui um jogo a menos em relação ao clube baiano.
 

O placar não favoreceu as equipes, porém tivemos uma novidade para este jogo. A partida contou com a volta do público de forma presencial à Fonte Nova com a sua capacidade reduzida para 30% – cerca de 14 mil torcedores – e somente para a turma tricolor.


 

PRIMEIRO TEMPO
 

Apesar do pouco volume de jogo apresentado pelos jogadores tanto do Palmeiras quanto do Bahia, o primeiro tempo de jogo possuiu muitas finalizações, sendo oito para o verdão e quatro para o tricolor. Dudu, aos sete minutos, obrigou o goleiro Danilo Fernandes a fazer grande defesa, porém o jogador do Palmeiras estava em posição irregular.
 

Outra grande chance do palestra no jogo foi com o centroavante Luiz Adriano, que chutou cruzado de fora da área e exigiu mais uma vez do goleiro do Bahia. Com poucas chances na primeira etapa, o time baiano não finalizou a gol e também passou em branco no placar.
 

SEGUNDO TEMPO
 

O segundo tempo foi mais movimentado, mostrou um Bahia superior e mais dominante em relação ao seu adversário. Aos 13 minutos, Gilberto, após bela troca de passes dos seus companheiros, chutou forte de fora da área e fez com que o goleiro do Palmeiras, Jailson, operasse seu primeiro milagre até então e impediu o gol que daria a vantagem ao time da casa.

 

Aos 16 minutos, o meio-campista Danielzinho arriscou também de fora da área, forçou mais uma incrível defesa do goleiro alviverde. Dez minutos depois, aos 26, Jailson fez outra grande intervenção após chute de Lucas Mugni desviar na defesa do Palmeiras dentro da grande área e assegurou seu posto de melhor jogador da partida.
 

O tricolor ainda contou com a expulsão de Wesley, do Palmeiras, na marca dos 37 minutos, após o jogador acertar um chute no peito do zagueiro Renan Guedes. Apesar da pressão e de ter um homem a mais dentro de campo, a equipe de Guto Ferreira não conseguiu triunfar perante o time de Abel Ferreira – ambos pressionados pela busca de melhores resultados no Brasileirão 2021.


 

PRÓXIMOS CONFRONTOS
 

Na 27ª rodada do campeonato, o Bahia enfrentará o América Mineiro, para tentar fugir da briga pelo rebaixamento em Belo Horizonte, no Estádio Independência, neste sábado (16) às 21 horas.
 

Ainda na busca pela primeira vitória no returno do Brasileirão, o Palmeiras neste domingo (17), o Internacional às 16 horas no Allianz Parque, com o apoio do torcedor alviverde.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »