18/12/2021 às 11h38min - Atualizada em 18/12/2021 às 12h32min

Resenha Critica | The Sex Lifes of College Girls

Séria do HBO Max com trama teen clichê inova em diversidade e leveza.

Ana Carolina Dacioli - Editado por Fernanda Simplicio
HBO Max

 

The Sex Lifes of College Girls, série de 10 episódios do streaming HBO Max, encerrou sua primeira temporada, e logo foi renovada para a segunda. A nova série teen que acompanha um grupo de 4 garotas ingressando na universidade, apresenta novidades para produções do gênero, além de trazer diversidade e abordar temas sérios de forma leve e divertida. Assista ao primeiro episódio no canal do youtube da HBO Max.
 

Em Sex Lifes, acompanhamos o quarteto composto por Kimberly (Pauline Chalamet), uma jovem inocente do interior, fora do padrão, que precisa trabalhar para frequentar a universidade; Leighton (Reneé Rapp), uma garota rica da cidade grande, que quer ficar com as melhores amigas e ter encontros casuais; Bela (Amrit Kaur), uma nerd indiana, que quer ser comediante; e Whitney (Alyah Chanelle Scott), uma estrela do futebol, que é filha de uma senadora, porém não quer abusar do privilégios. Acidentalmente, as garotas acabam dividindo o dormitório na prestigiada Essex College, nos Estados Unidos.  Elas precisam lidar com suas vidas, personalidades diferentes e aprender a conviver.

 

Veja o trailer: 

 

Já no primeiro episódio é feita a apresentação de cada protagonista, suas histórias, origens e dilemas. Entendemos que Kimberly é pobre e vem de uma cidade considerada a mais branca da América. Leighton que mesmo sendo uma loira esnobe - não se encaixa nesse papel, esteticamente -, que é ignorada pelas “melhores amigas'' e ainda está no armário, mesmo que não admita. Bela, quer fugir de suas origens indianas e entrar em um grupo de comédia prestigiado do campus. Whitney, quer apenas viver uma vida universitária normal, enquanto tem um caso com o técnico assistente de seu time. Além disso, é introduzido o personagem Nico (Gavin Leatherwood), irmão de Leighton, o cara hetero padrão de fraternidade e que é inalcançável – só que não.

 

Ao longo dos episódios, o quarteto cria um vínculo de irmandade, frequentam festas, terminam relacionamentos, começam outros, erram, acertam, aprendem, todos os clichês que servem de base para tramas adolescentes, porém a produção vai muito além disso.  A série é escrita e criada pela magnífica dupla, Mindy Kaling (The Mindy Project, The Office e Eu nunca) e Justin Noble (Eu nunca, Brooklyn Nine Nine), que usaram suas experiências como inspiração e conseguindo transformá-los em momentos hilários. Além disso, é possível ver traços de suas produções passadas como Eu Nunca, na trama da série e nos personagens.

 

Diferente de produções do gênero ou que aborda o sexo, como Sex and The City, sua série derivada, The Carrie Diaries e a versão original de Gossip Girl, Sex Lifes acerta em cheio com seu elenco carismático, cheio de química, diverso e fora do “padrão de beleza”, com personagens de diferentes raças, etnias, sexualidades e com deficiência. Com uma trama centrada em amizade e sonoridade, não existe competição feminina, nem atritos desnecessários. A comédia também acerta no desenvolvimento de personagens, que amadurecem com o dia a dia no campus e com o apoio das demais. Com sexo no título, era de se esperar mais cenas de sexo, que já são bem poucas, principalmente, com casais homoafetivos, mas com medo de arriscar, Sex Lifes, possui pequenas cenas aleatórias, que se descolam da trama, mesmo que a sexualidade seja tratada de forma positiva.

 

The Sex Lifes of College Girls é uma produção que possui clichês de séries teen e coming of age, mas traz uma atualização com representatividade em seu elenco diverso, desenvolvimento igualitário de personagens, pontos de vista diversificados e abordagem leve de questões sérias, como o assédio.

 

Futuro de The Sex Lifes of College Girls

Com a renovação da produção, as expectativas sobre a trama já começam a surgir. O que o segundo ano de Sex Lifes reserva? Diversos ganchos foram deixados ao longo da primeira temporada, gerando especulações, principalmente baseadas no que foi deixado no último episódio, mesmo com a renovação, até o momento não foram revelados detalhes da trama e elenco, além disso, ainda não existe data de estreia específica, mas The Sex Lifes of College Girls retorna em 2022.

 

REFERÊNCIAS

Custodio, A. The Sex Lives of College Girls é renovada para 2ª temporada no HBO Max. Tecmundo. Publicado em 08 de dez.2021. Disponivel em https://www.tecmundo.com.br/minha-serie/230115-the-sex-lives-of-college-girls-renovada-2-temporada-hbo-max.htm

Acesso em 13 de dez.2021

 

The Sex Lives of College Girls. IMDB.  Disponivel em https://www.imdb.com/title/tt11212276/

Acesso em 13 de dez.2021

 

The Sex Lives of College Girls. Wikipedia.  Disponivel em https://pt.wikipedia.org/wiki/The_Sex_Lives_of_College_Girls

Acesso em 13 de dez.2021

 

Gonzales, E. The Sex Lives Of College Girls Is Getting A Season 2. Elle. Publicado em 10 de dez.2021. Disponivel em https://www.elle.com/culture/movies-tv/a38451883/sex-lives-of-college-girls-season-2-date-cast-rumors-news/

Acesso em 13 de dez.2021

 

Tibiriça, J. The Sex Lives of College Girls inova a experiência de quartetos femininos da TV. Omelete. Publicado em 22 de nov.2021. Disponivel em https://www.omelete.com.br/series-tv/the-sex-lives-of-college-girls-impressoes

Acesso em 13 de dez.2021

 

Pereira, A. Sex Lives of College Girls: Nova série da HBO com irmã de Timothée Chalamet é perfeita para fãs de The Bold Type. Adoro Cinema. Publicado em 26 de  nov.2021. Disponivel em https://www.adorocinema.com/noticias/series/noticia-161474/

Acesso em 13 de dez.2021

 

Lowry, B. 'The Sex Lives of College Girls' enrolls another female quartet in a coming-of-age comedy. CNN. Publicado em 17 de nov.2021. Disponivel em https://edition.cnn.com/2021/11/17/entertainment/the-sex-lives-of-college-girls-review/index.html

Acesso em 13 de dez.2021


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »