25/06/2019 às 23h26min - Atualizada em 25/06/2019 às 23h26min

Itália bate China, garante vaga nas quartas e mantém domínio europeu

Com o resultado, italianas enfrentam a Holanda no sábado

Amanda Cruz - Editado por Paulo Octávio
Seleção italiana vence partida. Foto: AFP
Itália derrotou a China com tranquilidade por 2 x 0 e avançou às quartas de final da Copa do Mundo de Futebol Feminino. As asiáticas não conseguiram deter os gols de Giacinti e Galli, que marcaram cada uma um gol em cada tempo de jogo. A partida realizada nesta terça-feira (25) às 13h (horário de Brasília) pelas oitavas no Stade de la Mosson em Montpellier (França). Com a vitória, as italianas ampliam o domínio das equipes europeias na competição, que tem sete das oito equipes classificadas para próxima fase. A única seleção  que não é do velho continente é a dos EUA.

1º TEMPO

Nos primeiros minutos a Itália começou a pressionar as chinesas. Aos nove, Girelli lançou para Giacinti, que ficou de cara com a goleira Shimeng. A atacante chutou direto para o gol, mas a bandeirinha acionou o impedimento e anulou o lance. Porém, não demorou muito para que a camisa 19 pudesse tentar novamente abrir o placar. Aos 12’, com uma trapalhada da goleira chinesa, Giacinti lança um belo chute, mas a bola passa ao lado trave. Três minutos depois, a atacante começou a jogada pela direita e lançou na entrada da área para Bonansea. A defesa da China teve uma sequência de erros, se enrolou e a bola sobrou para Giacinti marcar o primeiro da Itália.

Aos 27’, as chinesas trouxeram perigo para tentar igualar o placar e equilibrar a partida. Com a abertura da lateral direita de Li Ying para o meio, Wang Yan chutou de longe, mas a goleira Giuliane espalmou e jogou para escanteio. Alguns minutos após, a Squadra Azzurra, em mais um contra-ataque, pressionou as adversárias. Bergamaschi chegou na cara do gol na tentativa de marcar o segundo da seleção, mas a goleira asiática defendeu.

2º TEMPO

As italianas balançaram as redes logo no primeiro minuto e não deram chances para as chinesas organizarem a defesa. Com rapidez, elas se aproveitaram dos erros das adversárias para chegarem ao objetivo final. As chinesas trocaram passes da lateral para o meio campo campo,  entretanto as italianas conseguiram roubar a bola. A meio campista Galli, que havia acabado de entrar na partida no lugar de Girelli, recebeu e com categoria mandou de fora área para o gol, cravando 2 x 0 para a seleção italiana.

Aos seis minutos, Giancinti foi derrubada dentro da área e as jogadoras italianas reclamaram pedindo pênalti. A árbitra ouviu os assistentes que consultaram o VAR e declararou o lance normal. A seleção chinesa tentou algumas investidas e contra-ataques para chegarem perto do empate. A Itália mais tranquila, seguiu o jogo e pressionou menos. Nos acréscimos Manuela Giugliano arriscou de fora da área, mas a goleira Peng defendeu o último lance de risco da Azzurra.


Seleção chinesa se despede do Mundial. Foto: Divulgação/FIFA

PRÓXIMO CONFRONTO

Já que as chinesas deram adeus ao torneio, a seleção italiana volta a campo para encontrar a Holanda no sábado (29), no Stade du Hainaut, em Valenciennes, às 10h (horário de Brasília), na disputa pelas quartas de final para chegar mais próximo da briga do título do Mundial Feminino.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »