02/04/2022 às 20h39min - Atualizada em 02/04/2022 às 20h27min

Fluminense quebra jejum e conquista o campeonato carioca de 2022

O time tricolor volta a levantar a taça do campeonato depois de dez anos; o último triunfo tinha sido no ano de 2012

Caíque Oliveira - labdicasjornalismo.com
Cano comemora o gol de empate da partida ao lado de Luís Henrique e André, (Foto: Instagram Oficial do Fluminense)
Fluminense e Flamengo se enfrentaram na noite deste sábado (2) pelo segundo jogo da final do Campeonato Carioca. Em partida realizada no Maracanã, o tricolor tinha a vantagem do primeiro jogo onde venceu por dois gols e usou disso para o seu favor durante a partida. Os gols do jogo foram marcados por Gabigol e Cano


PRIMEIRO TEMPO

Os primeiros quarenta e cinco minutos da primeira etapa ficaram marcados logo no início do jogo pelo domínio da equipe do Fluminense, o que impossibilitou o  Flamengo de sair jogando pelo meio do campo; assim, o Fla teve que se apoiar pelas beiradas do campo. Mas quem abriu o marcador foi o Mengão em jogada individual de Arrascaeta, que deixou o zagueiro Manoel para trás e cruzou na pequena área para Gabriel Barbosa apenas empurrar para a rede, aos 31 minutos de jogo. Mesmo após o gol, o Fluminense dominava a posse de bola. No minuto 45, próximo aos acréscimos, Germán Cano deixou tudo igual no marcador em jogada que passou pelos pés PH Ganso e Jhon Arias.  O tento inflamou a torcida tricolor que estava presente no estádio. 

Primeiro tempo também ficou marcado pela festas nas arquibancadas do Maracanã. Mesmo o Flamengo precisando vencer por três gols de diferença para ser campeão, a torcida rubro-negra compareceu em peso e fez festa desde o período de aquecimento até o apito final da primeira etapa. 


SEGUNDO TEMPO

O Fluminense voltou novamente pressionou o Flamengo em seu campo e na marcação, não deixou os jogadores criarem jogadas de  perigo e quando estava com a bola, criava as melhores chances. Em uma dessas jogadas, aos 16 minutos do segundo tempo, Cano partiu pra cima de Filipe Luís, porém a bola bateu no braço do lateral. O VAR foi acionado, e o arbitro deu pênalti para o Fluminense. Cano foi para a batida, mas foi infeliz na cobrança: chutou no meio do gol e facilitou o goleiro Hugo, que fez a defesa com os pés. O técnico Paulo Sousa usou quatro alterações para dar um gás no time, colocou nomes como Éverton Ribeiro, Matheusinho, Willian Arão e Thiago Maia, que não surtiram efeito.

No final do jogo, os atacantes Fred e Bruno Henrique protagonizaram uma briga lamentável. O atacante tricolor se recusou a sair do campo e Bruno Henrique quis tirá-lo a força. Os dois trocaram empurrões e ofensas que se estenderam até o túnel de acesso ao vestiário.

O destaque da partida ficou por conta do meia tricolor André, que dominou o meio de campo durante os noventa minutos, roubou bolas e articulou as jogadas. 


PRÓXIMOS CONFRONTOS

O Fluminense volta à campo na próxima quinta-feira (6) para a estreia na fase de grupos da Copa Sul-Americana contra o Oriente Petrolero. A partida será disputada no Maracanã e terá o início às 19h15 (Brasília). Já o Flamengo, entra em campo no dia anterior (5,) na quarta-feira, também para fazer a sua estreia na fase de grupos, mas pela Copa Libertadores da América. Time jogará fora de casa, contra o Sporting Cristal do Peru, às 21h30.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »