29/04/2022 às 16h14min - Atualizada em 29/04/2022 às 15h42min

Para escapar do rebaixamento, o Everton enfrenta o Chelsea

Em contrapartida, o time de Londres quer garantir a classificação para a próxima Liga dos Campeões

Caio Henrique Panini de Oliveira - editado por Paulo Octávio
Em Stamford bridge, os times empataram em 1 x 1 (foto/ reprodução: Premier League)
O Everton recebe a equipe do Chelsea em partida válida pela 35ª rodada da Premier League 2021/22. O jogo acontece no domingo (1), às 10h (horário de Brasília), no Goodison Park. The Toffees estão na 18ª posição, com 29 pontos. Assim, o time precisa vencer para sair da zona de rebaixamento. Os Blues se encontram na 3ª colocação, com 66 pontos. O clube de Londres está perto de garantir a classificação para a próxima edição da UEFA Champions League.

EVERTON

A equipe de Londres tem novidades para a partida. O técnico Frank Lampard informou que o atacante Calvert-Lewin está disponível. Além disso, o zagueiro Yerry Mina também pode ser convocado para o confronto. O técnico comentou também sobre Tom Davies, que voltou a treinar após sofrer uma lesão no joelho: "Estou muito satisfeito. Ele é um grande rapaz e estou ansioso para trabalhar com ele. Precisamos de mais treinos e minutos de jogo e esperamos que ele possa contribuir na última fase da temporada".


Lampard e Richarlison no treino do Everton (foto/ reprodução: Everton FC)
 
No departamento médico, o time possui alguns atletas: Cenk Tosun (ruptura muscular na coxa), Andros Townsend (lesão do ligamento cruzado), Van de Beek (Problemas musculares na coxa) e Nathan Patterson (Operação no tornozelo). O meio-campista, André Gomes também não está disponível, mas o clube não divulgou o problema que o português tem. A princípio, Frank Lampard deve repetir a escalação que perdeu para o Liverpool por 2 x 0 com Allan, Doucouré, Gray, Iwobi e Gordon no meio de campo e Richarlison no ataque.

Provável Escalação: Pickford, Coleman, Holgate, Keane, Mykolenko, Allan, Gray, Doucouré, Iwobi, Gordon e Richarlison. Técnico: Frank Lampard.


CHELSEA

O time de Londres também possui problemas para a partida: Mateo Kovacic (Lesão no tornozelo), Bem Chilwell  (recuperando-se de uma lesão no ligamento) e Callum Hudson – Odoi (com um problema no calcanhar de Aquiles) não estão à disposição. O defensor Andreas Christensen, que ficou afastado por conta de um problema estomacal, será avaliado antes do jogo. O Chelsea venceu apenas três dos últimos 13 confrontos no Goodison Park. Entretanto, o time está invicto fora de casa há seis jogos.


James e Alonso no empate contra o Manchester United (foto/ reprodução: Manchester United)

Thomas Tuchel comentou sobre a situação de Saul Niguez, que está emprestado e pertence ao Atlético de Madrid: “Vamos falar sobre isso no final da temporada. No momento, é uma situação difícil para ele pessoalmente, mas gosto que ele ainda dê sua opinião”. Em resumo, o espanhol disputou 21 jogos na atual temporada e marcou um gol. Na Premier League, o atleta jogou apenas oito partidas.  Por fim, o treinador alemão deve continuar com Werner e Havertz no ataque. Lukaku, que entrou na segunda etapa no empate em 1 x 1 contra o Manchester United, não vive boa fase.

Provável Escalação: Mendy, Azpilicueta, Rudiger, Thiago Silva, James, Kanté, Jorginho (Loftus-Cheek), Alonso, Mount, Havertz e Werner. Técnico: Thomas Tuchel.


HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Os dois clubes se enfrentaram 187 vezes na história. Dessa maneira, 57 vitórias para o Everton, 74 para o Chelsea e 56 empates. A maior goleada aconteceu na Division One 1948/49. Naquele jogo, Os Blues venceram pelo placar de 6 x 0. Por fim, são 260 gols marcados pelos The Toffees e 293 para o time de Londres.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »