22/05/2022 às 22h30min - Atualizada em 22/05/2022 às 22h22min

Mesmo com problemas no carro, Max Verstappen ganha o GP de Barcelona

Após o abandono de Charles Leclerc devido a problemas mecânicos, o piloto da Red Bull conseguiu o primeiro lugar

Ana Carolina Gomez - Editado por: Alan Martins
Max Verstappen conquistando mais uma vitória na temporada. Fonte: Mark Thompson/ Getty Images.

Max Verstappen venceu o circuito na Espanha, que ocorreu neste domingo (22), mesmo com uma série de problemas em seu carro, o piloto conseguiu a primeira colocação. Seu companheiro de equipe Sergio Pérez ocupou o segundo lugar, e viu o seu rival na temporada Charles Leclerc perder a  potência de seu carro e abandonar a corrida. 

 

O grid de largada do GP foi composto por Charles Leclerc (Ferrari), Max Verstappen (Red Bull), Carlos Sainz (Ferrari), George Russell (Mercedes), Sergio Pérez (Red Bull), Lewis Hamilton (Mercedes), Valtteri Bottas (Alfa Romeo), Kevin Magnussen (Haas), Daniel Ricciardo (McLaren) e Mick Schumacher (Haas). 

 

A CORRIDA

 

Na largada, Charles Leclerc largou bem e conseguiu abrir uma vantagem em relação ao Max Verstappen, logo na primeira volta. O piloto da Mercedes, George Russell largou bem e conseguiu ultrapassar o Carlos Sainz. 

 

Já para o Lewis Hamilton a corrida não começou boa, ainda na primeira volta o seu carro e o do Kevin Magnussen se tocaram. O piloto da Haas foi para a brita, enquanto o britânico foi chamado pela equipe para ir ao box, após problema com o pneu esquerdo, levando ambos os pilotos a voltarem nas duas últimas colocações.

 

Um dos pilotos da casa, Carlos Sainz, não teve sorte no início. Durante a volta sete o piloto rodou na curva 4 e foi para a brita. Ao retornar a pista, ele já estava na 11ª colocação.

 

Mais tarde, na volta 9, o Verstappen também teve problemas na curva 4, acabou rodando e indo para a brita, caindo duas posições. Ao retornar ele estava um segundo atrás da briga entre Pérez e Russell pelo segundo lugar, no mesmo tempo o Leclerc estava liderando tranquilamente. 

 

Verstappen acabou novamente tendo problemas com o DRS. O dispositivo da asa móvel falhou em algumas tentativas do piloto da Red Bull para abri-lo. Ao mesmo tempo que Leclerc chegou à vantagem de dez segundos em relação ao segundo colocado, que estava sendo disputada por Russell e Perez. A equipe da Red Bull autorizou a troca de posição dos seus pilotos, mas o Verstappen não conseguiu chegar perto do Perez, devido ao problema da asa móvel.

 

Na volta 27, Leclerc que estava liderando com bastante tranquilidade, teve problemas com a potência do carro e abandonou a corrida. Sendo assim, Russell que estava defendendo a segunda posição com excelência contra o Verstappen, passou a ocupar o primeiro lugar.

 

Perez chegou a pedir para a equipe a posição do Verstappen, e em uma manobra, conseguiu ultrapassar o Russell. Com isso, o piloto holandês foi para a terceira colocação.

 

Na volta 38, Perez e Russell foram para o box e Verstappen assumiu a liderança. E na volta 43 foi a vez do holandês ir para o box, e seu companheiro de equipe assumiu a ponta.

 

Hamilton conseguiu se recuperar após cair para 19ª no início da corrida, devido ao acidente. Na volta 44, o piloto já estava em sexto lugar, e ainda conseguiu duas vezes a volta mais rápida da corrida. 

 

Ocon também fez uma boa corrida. O piloto largou em 12ª, e na volta 47 estava na sexta posição, porém uma volta depois Sainz ultrapassou.

 

Perez estava liderando quando a equipe instruiu ele a deixar o Verstappen ultrapassar. O holandês assumiu a liderança na 50ª volta.

 

Nas últimas voltas, Hamilton chegou a brigar pela quarta posição com Sainz e Bottas. Melhor para o piloto britânico, que com duas manobras sensacionais, ultrapassou os dois e passou a ocupar a quarta posição. 

 

Ainda no final da corrida, o carro do Hamilton começou a apresentar problemas técnicos e o piloto precisou tirar o pé para conseguir terminar a corrida e foi ultrapassado pelo Sainz. Com uma boa vantagem na liderança, Verstappen só precisou gerir os pneus para garantir mais uma vitória em sua carreira. 

 

A classificação final foi: Verstappen em 1°, Perez em 2°, Russell em 3°, Sainz em 4°, Hamilton em 5°, Bottas em 6°, Ocon em 7°, Norris em 8°, Alonso em 9°, Tsunoda em 10°, Vettel em 11°, Ricciardo em 12°, Gasly em 13°, Schumacher em 14°, Stroll em 15°, Latifi em 16°, Magnussen em 17°, Albon em 18°. Zhou e Leclerc não completaram a corrida. 

 

Próxima corrida

A próxima corrida acontecerá no domingo do dia 29 de maio, na pista mais famosa, a de Mônaco.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »