27/06/2022 às 19h23min - Atualizada em 27/06/2022 às 18h23min

Irma Vep - quando a vida imita a arte

Nova minissérie da HBO Max em parceira com a A24 traz atualização de um filme clássico francês

Beatriz Costa Rodriguez - editado por Larissa Nunes
Capa da série Irma Vep. (Foto: Divulgação / HBO Max)

Lançada no dia 06 de junho, a minissérie Irma Vep é uma produção original HBO Max em parceria com a produtora A24. A produção norte-americana de drama e suspense é escrita e dirigida por Olivier Assayas, baseada em seu filme de 1996 com o mesmo nome. Pela série de 2022 ser dirigida pelo mesmo diretor dos filmes de 1996, Irma Vep traz vários elementos que remetem a uma estética mais clássica.

 

Protagonizada pela vencedora do Oscar, Alicia Vikander, a série conta a história de Mira, uma atriz norte-americana que está frustrada com seus filmes comerciais e decide viajar para Paris para atuar como a Irma Vep em um remake The Vampires. Mas  com o tempo, Mira passa a misturar sua personalidade com a de sua personagem, fazendo com que a fronteira incerta entre ficção e realidade seja ultrapassada. 

 

O filme que está sendo produzido é um remake de uma série de filmes mudo francês The Vampires, filmado em 1916 por Louis Feuillade, logo na minissérie da HBO Max acompanhamos toda a rotina de Mira filme. Apresentando como proposta narrativa uma sátira à indústria cinematográfica, transitando entre cenas do making of do remake e da produção original, através do tratamento da cor da imagem.

 

Personagens

 

No longa, Mira interpreta Irma Vep, que é uma musa vampira do mal de uma gangue criminosa. O filme de 1916 foi um sucesso incrível durante a Primeira Guerra Mundial, e fez da atriz principal, Musidora, um ícone fashion. Na série da HBO Max, Mira lida com o caos de sua vida pessoal assim como das filmagens. Por ser fã da Musidora, ela se conecta muito mais com a história, misturando ficção e realidade na cabeça dessa atriz que incorpora sua personagem para além das telas.


 

A protagonista é uma grande estrela de cinema, conhecida pelos seus papéis em filmes blockbusters e com propostas de adaptações dos quadrinhos batendo à porta, ela almeja o que a maioria dos atores hollywoodianos anseiam: o prestígio e o respeito que só uma produção independente pode genuinamente lhes dar. Por isso ela decide tomar um rumo diferente em sua carreira e aceita fazer parte do filme The Vampires.



 

Vincent Macaigne interpreta o personagem René Videl que é o diretor do filme. Na série, ele é bem explosivo e costuma seguir uma abordagem fora do comum nas filmagens para tentar a todo custo fazer com que cada cena seja mais realista e fiel à produção original.

 

Ao longo dos episódios que estrearam, a equipe por trás do remake reflete sobre o estado do cinema ao ser confrontada por assombrações passadas e futuras. É o caso dos algoritmos, das plataformas sob demanda e dos filmes de super-heróis.

O personagem René Vidal, por exemplo, insiste que não está gravando uma série, mas um filme serializado. Mira também, acredita que este é o caso da nova produção, porque acredita não ser uma atriz que faz filmes e não séries. Apresentando assim uma crítica a tendência atual de esticar histórias para se adequarem a um formato que, hoje, parece ser mais popular que o cinema.
 

Logo com a ajuda da HBO, o cineasta e a produtora A24 transformam o filme cult em uma série mais comerciável, mas ainda assim para um público restrito, amante do cinema. Irma Vep com um ritmo lento e com uma proposta subjetiva, nas entrelinhas da construção dos episódios. Misturando o drama e o suspense de forma bem misteriosa ainda revelará os segredos dos personagens ao longo dos próximos capítulos.
 

Os quatro primeiros episódios já estão disponíveis no HBO Max e para totalizar oito episódios, a plataforma está lançando novos capítulos toda segunda-feira às 22:00h.


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »