12/10/2022 às 22h59min - Atualizada em 12/10/2022 às 22h03min

Nordeste brasileiro: Muito mais que apenas destinos paradisíacos

Leticia Paz - Editada por Victória Silva
Reprodução: Blog Caixa Cheia e Interiores

Uma das minhas primeiras aulas na faculdade de jornalismo, foi sobre identificar o publico alvo, para quem o texto era escrito, e isso ia me dá um norte na linguagem usada no texto, e não escrever o texto jornalístico em primeira pessoa. 

O que aconteceu após o resultado das eleições, me incomodou bastante, as ofensas direcionadas a região nordeste e aos nordestinos, deu um nó na minha cabeça, meu primeiro momento foi de revolta, queria gritar com essas pessoas (para dizer o mínimo), já no segundo momento foi de transformar a pauta da semana em algo, que ao mesmo tempo mostrasse a grandeza dessa região e a importância para nossa história. Tudo isso é claro na editoria de turismo, onde eu essa pessoinha bem aqui, é uma das colaboradoras.

Então dessa vez eu vou pedir licença para você leitor, para que eu possa compartilhar esse meu pequeno momento de indignação por esse absurdo e minha homenagem ao nordeste, sem sair é claro, do tema.

Então, está se perguntando se vai ter dicas de viagens. Sim, vai, mas quero te convidar a conhecer mais sobre atrações turísticas onde a cultura é a atração principal. Pois sem pensar muito, posso citar inúmeras atrações turísticas paradisíacas, que precisa visitar quando for a qualquer estado, cidade, vila, beco, rua do Nordeste brasileiro, a região ostenta belezas naturais. As praias são lindas, as cachoeiras são de tirar o fôlego, os rios cristalinos emociona, os lençóis maranhenses fogem adjetivos para me expressar. Mas não é sobre isso, hoje nossa aventura é sobre turismo cultural. 

Bahia - Centro Histórico Porto Seguro 

Logicamente se seu intertece é conhecer mais sobre a história local de cada cidade, os centros históricos são sempre uma ótima opção, mas esse em especial não guarda só histórias da cidade nem do seu estado. O centro histórico de Porto Seguro tem como destaque o Marco do Descobrimento, o monumento que sinaliza a descoberta do Brasil por Pedro Alves Cabral e companhia.

O centro mantêm a arquitetura dos tempos de Brasil colônia, e isso pode ser visto nos casarios entre eles o Museu do Centro Histórico, local onde funcionava a antiga Casa da Câmara e Cadeia e abriga atualmente exposição de artefatos antigos encontrados na região.

A visitação ao Centro Histórico pode ser feito por quanta própria ou com auxílio de guias, que podem ser contratados na entrada. Se optar por contratar é importante que combine um valor antes, pois não existe valor de tabela. 



Alagoas - Parque Memorial Quilombo dos Palmares

O quilombo dos Palmares famoso por sua importância na história da resistência negra do Brasil, ganhou em 2007 um parque memorial localizado na Serra da Barriga no município de União dos Palmares. Foi criado uma espécie de maquete viva, em tamanho real, foram reconstituídas algumas das mais significativas edificações do Quilombo dos Palmares.

Com paredes de pau-a-pique, cobertura vegetal e inscrições em banto e yorubá, avista-se o Onjó de farinha (Casa de farinha), Onjó Cruzambê (Casa do Campo Santo), Oxile das ervas (Terreiro das ervas), Ocas indígenas e Muxima de Palmares (Coração de Palmares).

Mais do o que a experiência visual o visitante ainda conta com pontos de áudio com música e textos em quatro idiomas (Português, Inglês, Espanhol e Italiano) que narram aspectos do cotidiano do Quilombo e da cultura negra. 



Piauí - Parque nacional da serra da capivara

Com uma área de aproximadamente 130 mil hectares, está localizado no sudeste do Estado do Piau. O Parque Nacional Serra da Capivara foi criado em 1979, para preservar vestígios arqueológicos, onde está a maior concentração de pinturas rupestres do mundo. São mais de 30 mil inscrições a céu aberto, desde 1991 faz parte da lista de Patrimônio Mundial da Unesco.

Além da visita ao parque o visitante tem o Museu da Natureza como uma outra opção. 



Pernambuco - Museu dos bonecos de Olinda 

OhLinda é realmente linda mas o nome da cidade não tem nada a ver com esse péssimo trocadilho, Olinda cidade pernambucana em seus quase 500 anos já foi a capital do estado, possui o título de Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade pela UNESCO, e em 2006 Olinda foi eleita a primeira Capital Brasileira da Cultura. Muito conhecida pelo carnaval com bonecos de Olinda.

Graças a demanda do turismo local um espaço cultural foi criado, que permite ao vistante ver a magia dos bonecos gigantescos em uma exposição permanente. A visita monitorada por um guia que explica o processo de confecção e manipulação assim como a origem da cultura dos bonecos.
 


Outras sugestões culturais pelo Nordeste 

Maranhão 

*Casa do Maranharão  

Ceará 

*Museu do eclipse 
*Mercado central 

Paraíba 

*Museu da arte popular (Mapp)

Não precisa ser nenhum grande estudioso para saber da importância do Nordeste para história e desenvolvimento do Brasil, essa rica região assim como seu povo sofrem constantemente com a xenofobia vezes por causa da ignorância, muitas outras vezes pelo preconceito inaceitável de certos indivíduos. O nordeste é muito mais que lindas praias e cenários deslumbrantes. 

Se realmente posso te dar uma dica de viagem é: Todo roteiro de viagem tem seus encantos o que vai fazer a diferença é como vive essa experiência, então aprenda o quanto puder com a cultura, se delicie na gastronomia local, se permita conhecer o povo, respeitem suas crenças e sua forma de falar. Pois só assim vai está vivendo uma experiência inesquecível.

Referências:

Cultura Nordestina. Bahia WS. Disponível em: <https://www.bahia.ws/origem-riqueza-cultura-nordestina/>. Acesso em: 12 de outubro de 2022.

Parque Memorial Quilombo dos Palmares. Serra da Barriga.Palmares. Disponível em: <https://serradabarriga.palmares.gov.br/index.html>. Acesso 12 de outubro de 2022.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »