07/11/2022 às 18h26min - Atualizada em 07/11/2022 às 18h26min

Daniel Alves é a polêmica da lista oficial da seleção para Copa

Convocação do lateral-direito foi criticada; Firmino não foi escolhido, e Rodrygo e Martinelli são atacantes escalados

Paulo Octávio - labdicasjornalismo.com
Os 26 de Tite: Arte mostra os convocados para Copa. Foto/reprodução: Instagram CBF_Futebol
Após semanas de expectativa, finalmente Tite anunciou a lista oficial de convocados para Copa do Mundo de 2022 com uma polêmica: Daniel Alves, que parecia descartado, foi escolhido, o que gerou uma série de críticas e contestações.  

Segundo a comissão técnica, o jogador passou no teste de força e está apto para o Mundial. O treinador destacou que ele tem aspectos técnicos, físicos e mentais importantes para o torneio e que Alves será um “construtor” e não um defensor. Além disso, o jogador pode passar experiência para o grupo de 16 estreantes em Copas. “O critério do Daniel Alves é o critério de todos, que ele premia qualidade técnica individual, premia seu aspecto físico e ele traz o seu aspecto mental, tal qual os outros. Alguns com uma ou outra a mais qualidade”, disse Tite na coletiva. 

O camisa 13 da seleção celebrou nas redes sociais: “Quatro anos atrás estávamos na mesma situação e acabou que por uma lesão grave fiquei fora. As lágrimas que naquele dia eram de tristeza, hoje, são de alegria. Quatro anos se passaram e estamos aqui novamente depois de tanto foco, disciplina. Valeu a pena porque me trouxeram aqui", celebrou Alves em vídeo. 

Assim, o Tite opta por ter menos um zagueiro. Segundo colunista Tostão, havia opção de escolher um zagueiro ao invés de mais um lateral na vaga de reserva de DaniloFilipe Luis ou Alex Telles erão os cotados para a vaga. E como Luis não foi escalado, existe a chance de ele integrar a próxima comissão técnica da seleção no futuro. 

Uma ausência confirmada antes foi a do Philippe Coutinho, que sofreu uma lesão muscular no treino do Aston Villa. Outra que chamou atenção foi a do Firmino. O atacante do Liverpool não está na lista dos 26 convocados. Já Gabriel Jesus, ausente dos últimos amistosos, está confirmado assim como Gabriel Martinelli e Rodrygo.  

“A função do Gabriel Martinelli é de externo, ponta, agressivo. Tem sido um dos destaques no Arsenal, na primeira colocação da Premier League. Jogador do lance individual, de transições em velocidade, que esteve conosco, foram duas convocações, e que vem mantendo esse alto nível”, afirmou o treinador.  

São 16 estreantes em Copas e nove remanescentes de 2018, quando o Brasil caiu nas quartas de final para a Bélgica. Dessa lista de 2022 tem nove atacantes, quatro laterais, quatro zagueiros e seis meio-campistas. 

De acordo com a numeração oficial, de um a onze são: Alisson; Danilo, Thiago SIlva, Marquinhos e Casemiro; Alex Sandro, Paquetá e Fred; Richarlison, Neymar e Raphinha

E pela primeira vez, pode ser escolhido 26 nomes devido ao contexto da pandemia e possibilidade de cinco trocas de jogadores em cada jogo. Agora, o calendário aponta que os jogadores vão viajar para Turim no dia 14, depois vão para Doha no dia 19 e a estreia será no dia 24 contra a Sérvia.    


Confira os convocados:

Goleiros


Alisson - Liverpool
Ederson - Manchester City
Weverton - Palmeiras

Laterais

Danilo - Juventus
Alex Sandro - Juventus
Daniel Alves - Pumas
Alex Telles - Sevilla

Zagueiros

Militão
- Real Madrid
Marquinhos - PSG
Thiago Silva - Chelsea
Bremer - Juventus

Meio-campistas

Bruno Guimarães - Newcastle
Casemiro - Manchester United
Fabinho - Liverpool
Fred - Manchester United
Paquetá - West Ham
Everton Ribeiro - Flamengo

Atacantes

Neymar - PSG
Vinicius Júnior - Real Madrid
Antony - Manchester United
Rodrygo - Real Madrid
Raphinha - Barcelona
Richarlison - Tottenham
Pedro - Flamengo
Gabriel Jesus - Arsenal
Gabriel Martinelli - Arsenal. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »