17/08/2019 às 00h05min - Atualizada em 17/08/2019 às 00h05min

Viagem pela gastronomia do norte do país

Conheça um pouco dos temperos e sabores típicos da culinária da região norte do Brasil

Érica Aquino - Diego Araujo
Comida e férias, unir dois dos maiores prazeres da vida com certeza resulta em sucesso. Muitas vezes a culinária de um local é o que atrai inúmeros turistas, é o bilhete premiado que os conquista. A gastronomia fala muito da cultura de um povo, e conhecer um local por meio da comida pode ser perfeito.
 
Acompanhe a partir de agora, o inicio de uma série de viagens gastronômicas pelas regiões do Brasil (Norte, Sul, Nordeste, Sudeste), cuja culinária, presente e atrativa, revela um pouco das características e costumes do território em questão. O primeiro destino brasileiro a ser explorado é o Norte do país.
 
Amazonas, Acre, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e Amapá são os estados que compõem a região Norte. Essa parte do país é bem representada por seus temperos e receitas com frutas da própria natureza e peixes de água doce (rios). Para começar esse tour gastronômico pelo Norte, conheça o
bolinho de pirarucu com molho de tucupi:


Foto: Reprodução
 
Essa delicia é feita do pirarucu (peixe) desfiado com macaxeira, alguns temperos e é empanado com farinha de trigo. Prato típico da gastronomia do Amazonas.
 
Ainda no amazonas, conheça um sanduiche com a cara dos manauaras (pessoas nascida em Manaus, Capital do Amazonas).
Esse é o famoso x-caboquinho:


Foto: Reprodução
 
Uma mistura de pão frances, ou pão massa grossa como costumam dizer, com queijo coalho, banana pacovã frita, ovo e tucumã (fruta típica da região) o x-caboquinho causa uma explosão de sabores na boca e conquista muitos visitantes na cidade.
 
A região Norte, no geral, usufrui bastante das frutas regionais na culinária, é bem comum ver pratos tradicionais onde alimentos naturais compõem ou temperam a comida, como por exemplo, o bolo de pupunha:


Foto: Reprodução
 
Comida tradicional do Acre, o bolo de pupunha é feito com a fruta cozida e amassada misturada com os ingredientes básicos de um bolo normal. Curiosidade: A pupunha floresce em uma espécie de palmeira de até 20 metros.

Embarcando na estação das sobremesas, conheça a torta de cupuaçu e o doce de buriti:

 

Foto: Reprodução
 
O cupuaçu é uma fruta próxima do cacau, que geralmente é usada em trufas, recheios, mousses, tortas e outros e é um bom complemento para o chocolate também.


Foto: Reprodução
 
O buriti, ou muriti, como também é conhecido, quando misturado com certa quantidade de açúcar vira o prato perfeito para os rondonienses (pessoas nascidas no Estado de Rondonia). A fruta também é rica em vitaminas e cálcio.

Dando mais um giro no Norte, que tal dar uma paradinha no Pará? O prato mais famoso do Estado é sem duvidas o Tacacá:



Foto: Reprodução

Ele é feito com Tucupi, que é o sumo amarelo extraído da raiz da mandioca brava onde é feito um molho com água de goma e pimenta (muito usado em toda região), a goma da tapioca, camarão seco e jambu, erva que tem efeito de adormecer a boca. Esse pode ser o caldo quente mais gostoso de toda Região Norte.

Camarão seco é bom, porém, não é característico desse território. Entretanto, pratos com peixes de rio fazem parte da cozinha do Norte como, por exemplo, a peixada de Tocantins e o pirarucu desfiado de Roraima:


Foto: Reprodução

 
A peixada a moda tocantinense é preparada com diversos tipos de pescados misturada com temperos fortes como alho, cebola e cheiro-verde. É cozida e acompanhada de arroz e farofa.

Já na cozinha de roraimense tem peixe sendo preparado de outra forma...



Foto: Reprodução

Desfiado, lavado com água e limão, escaldado no fogo e sem nenhuma espinha, esse é o pirarucu desfiado a gosto dos conterrâneos de Roraima. Curiosidade: O pirarucu é um dos maiores peixes de águas doces. 




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »