11/10/2019 às 10h32min - Atualizada em 11/10/2019 às 10h32min

Pesquisa aponta que o maior índice de agressões contra idosos acontece dentro da própria casa

João Marques - Edição: Giovane Mangueira
Imagem: Pixabay
A vulnerabilidade de idosos motivo de um estudo realizado pelo Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro que divulgou uma pesquisa com números recentes das agressões. Dados divulgados recentemente pelo Instituto de Segurança Pública, mostram que 65,9% das ameaças e 61,3% das lesões corporais dolosas ocorreram dentro de casa. Em um estado com aproximadamente sete milhões de habitantes segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 16,8% corresponde a idosos.

Segundo o Estatuto do Idoso, a terceira idade para homens e mulheres é 60 anos. É nessa idade que muitos apresentam dificuldades em se proteger e reagir a agressões dentro e fora de casa. Segundo o dossiê além de estelionatos houve extorsão, furtos e agressões físicas. A maior parte praticada contra idosos do sexo feminino, em um total de 64,8%.

No Rio, a Delegacia Especial de Atendimento à Pessoa da Terceira Idade, registra em média cem registros por mês. Para diminuir os casos e as forças policiais tomarem conhecimento, é importante a denúncia da população e o registro das ocorrências.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »