14/10/2019 às 13h02min - Atualizada em 14/10/2019 às 13h02min

Biografia de Coelho Neto

Adriana de Sousa - Editado por Socorro Moura
Academia.org.br
academia.org.br
Henrique Maximiliano Coelho Neto, também conhecido como Coelho Neto, foi romancista, crítico, teatrólogo, cronista e folclorista. Nasceu em Caxias, Maranhão em 21 de fevereiro de 1864. Também foi político e professor membro da Academia Brasileira de Letras.

Foi filho de um português com uma índia. Aos seis anos se mudou para o Rio de Janeiro onde estudou Direito porém desistiu para participar de campanhas abolicionistas e republicanas em 1885. Lutou ativamente pela abolição da escravatura, aliando-se a José do Patrocínio.

Como colaborador do Jornal Gazeta da Tarde e logo depois no A Cidade do Rio, deu início a publicação de seus textos literários onde assinava com pseudônimos como a Anselmo Ribas, Caliban, Ariel etc. Participou das primeiras reuniões para a criação da Academia Brasileira de Letras ao lado de Lúcio Mendonça, onde ocupou a Cadeira de número 2. Dentre suas obras tem-se: Rapsódias - contos (1891), o romance -  A Capital Federal (1893), Baladilhas - contos (1894), Sertão (1896) e muito mais.

Em suas obras escrevia sobre o desmatamento e as queimadas na floresta Amazônica, um dos primeiros que fez um alerta para a situação da floresta e mostrou em seus textos o quanto a ausência de árvores poderia afetar a vida de cada ser. Coelho Neto faleceu em 28 de novembro de 1934 no Rio de Janeiro aos 70 anos e é um dos homenageados com um busto na Praça do Pantheon em São Luís, Maranhão em frente à biblioteca pública Benedito Leite.



SER MÃE

Ser mãe é desdobrar fibra por fibra 
o coração! Ser mãe é ter no alheio 
Lábio que suga, o pedestal do seio,
Onde a vida, onde o amor, cantando, vibra.
Ser mãe é ser um anjo que se libra 
Sobre um berço dormindo!  É ser anseio, 
É ser temeridade, é ser receio, 
É ser força que os males equilibra!
Todo o bem que a mãe goza é bem do filho, 
Espelho em que se mira afortunada, 
Luz que lhe põe nos olhos novo brilho!
Ser mãe é andar chorando num sorriso!  
Ser mãe é ter um mundo e não ter nada! 
Ser mãe é padecer num paraíso!


FRASES DE COELHO NETO:

“As esperanças são como as estrelas: brilham, mas não trazem luz; lindas, mas ninguém as alcança.”

“A criança é alegria como o raio de sol e estímulo como a esperança.”

“É na educação dos filhos que se revelam as virtudes dos pais.”

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »