21/11/2019 às 00h21min - Atualizada em 21/11/2019 às 00h21min

É campeão! Cuiabá supera Paysandu e fica com o título da Copa Verde

Além da taça, os mato-grossenses faturaram 2 milhões e meio e uma vaga nas oitavas da Copa do Brasil

Gabriel Amorim - Editado por Paulo Octávio
Atletas do Cuiabá erguem troféu da Copa Verde após vencerem o Paysandu Foto: Divulgação/AssCom Dourado
O Cuiabá é bicampeão da Copa Verde de 2019. O clube mato-grossense venceu o Paysandu duas vezes: bateu os paraenses por 1 a 0, com gol de Paulinho aos 49 do segundo tempo. E ganhou a decisão por pênaltis por 5 x 4. Com o título, o Dourado está classificado para às oitavas de final da Copa do Brasil de 2020 e ganhará uma cota de dois milhões e meio de reais pela participação. Já o Papão, eliminado da série C em jogo polêmico com o Náutico, encerrou a temporada de 2019.


1° TEMPO
O Paysandu obteve o domínio da posse da bola nos primeiros minutos de jogo. Aos 14', Nicolas chutou rasteiro, mas Victor Souza defendeu. Após contra ataque puxado por Elielton, Moisés matou o jogada e recebeu o cartão amarelo. O atacante Felipe Marques, aos 16', tentou mais uma jogada de longe, mas chutou para fora. Passados os 15 minutos iniciais, o Cuiabá equilibrou a partida e passou a ser mais insinuante. Aos 20', em mais um chute de fora da área, Felipe Marques não pegou bem na bola e mandou para fora. Aos 22', Tomas Bastos também tentou de fora da área, e a bola passou perto do gol. Na marca dos 28', após roubada de bola de Paulinho, que resultou no contra ataque da equipe do Cuiabá, Djavan chutou para fora.

Aos 30', depois de falta cobrada por Tomas Bastos, Nicolas cabeceou a bola no travessão da equipe do Dourado. No mesmo lance, Caíque Oliveira cometeu falta de ataque. Felipe Marques, jogador mais acionado pelo lado do Cuiabá, foi derrubado por Caíque, que levou amarelo. Aos 37', o atacante Jefinho se antecipou aos zagueiros, mas não conseguiu aproveitar a oportunidade. E em roubada de bola de Wellington Reis, aos 43', o volante arriscou de fora da área, mas a bola passou longe do gol.


2° TEMPO

Em desvantagem no agregado, o Cuiabá mexeu: Saiu Alê e entrou Escudero. Com 1', Tomas Bastos recebeu cartão amarelo por pisar no adversário, após receber carrinho no meio de campo. Aos 5', Vinicius Leite deixa Jonas no chão, mas chuta a bola em cima de Moisés. Após contra ataque puxado por Elielton, aos 15', Paulinho fez a falta e levou o cartão amarelo. Na cobrança de falta, Tomas Bastos chutou para fora. Aos 18', ele foi substituído, Leandro Lima entrou em seu lugar. Em mais uma mudança no campo de jogo, Toty deu lugar a Augustin Gutierrez, aos 20'. Após fazer falta em Elielton, o zagueiro Anderson Conceição tomou o cartão amarelo. Na falta, a bola passou perto do gol.

Com 28', em cruzamento de Augustin Gutierrez, Felipe Marques chega primeiro que os zagueiros, mas desperdiça a chance. Por retardar o jogo, o goleiro Giovanni tomou o cartão amarelo. Aos 31', o Paysandu até abriu o placar com Hygor Silva, após falha da zaga, mas o assistente assinalou impedimento no lance. Após escanteio, aos 39', Nicolas pôs sua segunda bola no travessão, na sobra, ninguém do Paysandu aproveitou o lance. Mas quem abriu o placar foi o Cuiabá, com o lateral Paulinho, que após cobrança de falta de Escudero,  antecipou-se à marcação e abriu o placar aos 49' e levou a partida para os pênaltis. 

Nas penalidades, o Cuiabá venceu por 5x4. O goleiro Giovanni defendeu a cobrança do zagueiro Ednei. Leandro Lima, Thiago Primão, Tony e Micael acertaram para o lado do Paysandu, mas 
 Caíque Oliveira e Nicolas perderam. Já para o lado do Cuiabá, Augustín Gutiérrez, Escudero, Alex Ruan, Paulinho e Felipe Marques colocaram a bola na rede.


PRÓXIMOS CONFRONTOS
O Cuiabá volta a campo diante do Botafogo-SP pela 37ª rodada do Brasileiro da série B, no sábado (23), às 17h, no estádio Santa Cruz. O Dourado não luta por mais nada na segunda divisão. Já o Paysandu encerrou sua temporada e não tem mais competições a disputar neste ano.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »