06/05/2020 às 17h02min - Atualizada em 06/05/2020 às 17h02min

“Alienante, elitista e vergonhosa”, diz Lelê Santhana sobre capa da Vogue

A revista estará disponível nas bancas e supermercados a partir desta sexta-feira (08)

Ana Laura Toledo - Editado por Larissa Barros
Reprodução / Redes sociais

Após a Vogue Brasil nomear capa com Gisele Bündchen vestindo roupas de grifes francesas e italianas de “Novo Normal”, durante a pandemia causada pelo novo coronavírus (covid-19) , a criadora do portal Das Modas, Lelê Santhana, 19 anos, afirmou que a escolha da foto capa demonstra como a revista é “alienante, elitista e vergonhosa”, através de um vídeo publicado nas redes sociais, sexta-feira (01). 

O vídeo em formato IGTV rapidamente viralizou com de mais de 320 mil reproduções e rendeu várias reportagens em apenas cinco dias de publicação. 

Segundo Lelê, esse era o momento ideal para a edição brasileira mostrar que está adotando um novo posicionamento, assim como as edições da Vogue Itália e Portugal, além de revistas brasileiras como a Marie Claire. 
 

“É completamente inadmissível que a maior revista de moda do país coloque Gisele Bündchen numa capa, vestido Prada e Chloé, e estampe a frase “Novo Normal”. Eu não sei qual o conceito de normal na sua cabeça Vogue, mas eu tenho certeza que nessa capa não há nenhuma referência de normalidade ou de simplicidade”, afirmou Lelê Santhana.


Alguns famosos fizeram comentários positivos à publicação de Lelê, como o estilista Lino Villaventura, afirmando que a revista é equivocada e fora do tempo. 

“Perdeu identidade e oportunidade de se reabilitar como um veículo com propósito vanguardista. Parabéns. Uma menina de 19 anos com a maturidade que faltou nos editores da revista”, comentou o estilista. 


Já a diretora de criação do Globo Conde Nast, Daniela Falcão, respondeu um internauta sobre uma possível colaboração com a criadora do Das Modas, e comentou “se ela topasse, adoraria”.
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por das modas. (@portaldasmodas) em



Segundo a Vogue Brasil, a edição de maio celebra os anos da revista, e por isso aproveitaram para debater sobre o “novo normal” pós-pandemia. 

“Acreditamos que os excessos e exageros ficaram no passado e o “less is more”, tão bem personificado pela nossa estrela da capa, @Gisele Bündchen, será um lema global”, disse a revista. 


Apesar da explicação da escolha da foto capa, vários internautas comentaram sobre a publicação se mostrar clichê, além de reforçar padrões estéticos. A revista estará disponível nas bancas e supermercados a partir desta sexta-feira (08).
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Vogue Brasil (@voguebrasil) em

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »