30/05/2020 às 20h09min - Atualizada em 30/05/2020 às 20h06min

SpaceX leva astronautas ao espaço depois de nove anos

Feito não ocorria desde a aposentadoria dos ônibus espaciais em 2011

Thiago Oliveira - Edição: Manoel Paulo
Folha de S. Paulo
NASA
Na quarta-feira a meteorologia atrapalhou, mas no último sábado (30), finalmente o Falcon 9 decolou do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, em direção a Estação Espacial Internacional (ISS). A missão leva a cápsula Crew Dragon até a órbita terrestre e de lá, após ajustes acoplar a estação espacial.

Diferente dos ônibus de anos atrás, pilotados por Doug e Bob, a Crew Dragon é capaz de se acoplar de forma autônoma, com controles em telas sensíveis ao toque no maior estilo Tesla, empresa do Elon Musk, dono da Space X. O controle por parte dos tripulantes fica em último caso.

Previsto inicialmente para o dia 27 passado, o lançamento da missão Demo-2 teve de ser adiado devido as más condições meteorológicas. A bordo da Crew Dragon estão os dois astronautas da NASA, Doug Hurley e Bob Benhken que passarão os próximos meses habitando a ISS.



O feito já é considerado histórico. A SpaceX do excêntrico bilionário americano Elon Musk é a primeira empresa privada a fazer uma viagem espacial. Com planos que vão de estender banda larga ao redor do mundo até colonizar o planeta Marte, a empresa se tornou rapidamente um dos nomes centrais na aviação espacial.

A NASA tem obtido vários contratos de colaboração com empresas privadas. O lançamento de sábado, tem a operação de voo por conta da SpaceX, mas a agência espacial americana atua como parceira e financiadora.
Outras empresas devem atuar nesse mesmo modelo de negócio, como a companhia Axiom, que pretende realizar dois voos anuais até a ISS a partir de 2021.
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »