15/10/2020 às 09h51min - Atualizada em 15/10/2020 às 09h29min

Viajar dentro de casa e conhecer novos lugares é possível

Paulistana criou quadro de viagens culturais em seu perfil do Instagram, o 'Passeio de Casa'

Juliana Neves - Alexandra Machado
Foto: Arquivo pessoal - Gabriela Rodrigues
Em uma pesquisa rápida no Google, o verbo viajar é definido como deslocar de um destino para o outro ou visitar lugares desconhecidos. No sentido figurado, há diversas possibilidades de significados, pois depende da opinião e vivência de cada pessoa. Além de ser considerada uma ação de tradição familiar ou individual que, com a pandemia, precisou ser ressignificada. 

Ainda que tenha sido, de modo imediato, proibida a realização de viagens e depois prosseguindo para uma liberação gradual, surgiu o “Passeio de Casa” no Instagram. É um quadro sobre viagens e passeios culturais da autoria de Gabriela Evangelista Rodrigues, paulistana e radialista, em seu perfil pessoal, que, aliás, viajar para ela é sair da rotina e conhecer novas pessoas, lugares e culturas.
 
O “Passeio de Casa” são vídeos curtos para esclarecer que é possível viajar para conhecer museus e pontos turísticos na internet, principalmente no período de isolamento social. Afinal, alguns desses locais permitem uma visitação de 360º graus gratuita que poucas pessoas têm conhecimento, podendo ser um refúgio dessa pandemia.
 
Portanto, Gabriela afirma que encontrou “uma forma de não deixar as pessoas sem arte e cultura nesse tempo de quarentena [...] Assim como eu senti falta de arte e cultura, tenho certeza que outras pessoas também sentiram, e acredito que os passeios virtuais são formas de suprir um pouco isso”. O principal objetivo deste projeto é fazer com que as pessoas tenham interesse pela arte e conheçam, de fato, um novo ambiente artístico.

Mas nada é feito aleatoriamente. Demanda uma pesquisa por lugares não tão conhecidos pelo público, como a radialista exemplifica o Museu Casa da Xilogravura em Campos do Jordão. 
Mesmo que o “Passeio de Casa” tenha apenas cinco minutos de duração, é preciso muita pesquisa, roteiro e preparação, como deve ser qualquer produção de conteúdo. 
 
A principal mensagem de cada vídeo do quadro é que “arte e cultura são importantíssimas para a formação do indivíduo, além de serem formas de lazer e entretenimento, e foi isso o que quis transmitir no meio do caos e medo de uma pandemia”, afirma Rodrigues. O feedback do projeto é positivo, em razão de muitas pessoas procurarem por Gabriela elogiando os vídeos e explicitando o desejo de viajar para explorar os lugares pessoalmente.
 
Com a alta flexibilização da quarentena na maioria dos municípios do estado de São Paulo, consequentemente, ocorre a reabertura controlada dos locais culturais. Então, Gabriela conclui que “o "Passeio de Casa" não cabe mais. "É um momento que temos a oportunidade de voltar a se planejar para realizar as nossas viagens de passeios in loco. Entretanto, continuarei dando dicas de passeios, museus e exposições, com todos os cuidados e responsabilidade.”

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »