10/12/2020 às 11h00min - Atualizada em 10/12/2020 às 10h56min

Em jogo movimentado, Grêmio e Santos empatam pelas quartas de final da Libertadores da América

A partida de volta acontece na próxima quarta-feira (16); o Peixe tem a vantagem do empate

Juan Camilo - editado por Thamyres Pontes
Marinnho e Kanemann na disputa da bola - Foto: Diego Vara - Pool/Getty Images
Na última quarta-feira (9), o Grêmio recebeu o Santos na Arena do Grêmio, às 19h15 (horário de Brasília), em confronto pela ida das quartas de final da Copa Libertadores da América 2020. O jogo terminou com empate por 1 a 1, com gols de Kaio Jorge e Diego Souza.

Com o resultado, o Peixe precisa de um empate por zero a zero ou qualquer vitória por mais gols de diferença para chegar
 nas semifinais. O Imortal avança se ganhar por um triunfo ou empate por gols. O técnico Cuca, em entrevista coletiva, lamentou não ter saído com a vitória.
 

“Jogo teve de tudo, deixa sabor bom pelo que o time jogou. São poucos times que envolvem o Santos, sempre batemos de frente. Fica a frustração pelos gols perdidos em uma bela partida e maneira como tomamos o gol no fim do jogo, com um jogador expulso. Arbitragem mexe no emocional. Expulsa um do Grêmio e VAR retira, amarela e quase te expulsa. Grêmio não teve reais chances de gol, aquele momento de pensarmos que íamos empatar. Fizemos as trocas em cima do cansaço. Jogadores sentiram, foi muita intensidade nossa. Se antes do jogo soubéssemos que era 1 a 1, seria um baita resultado. E não foi um baita resultado pelo que jogamos” (sic), afirmou o treinador.


PRIMEIRO TEMPO

A partida começou movimentada com o Grêmio propondo o jogo. Pepê cruzou na área do Santos, porém a zaga adversária colocou para escanteio. Posteriormente, Kannemann cabeceou por cima do gol, perdendo a chance de abrir o placar. Em resposta, Jobson arriscou do meio-campo e Vanderlei defendeu sem perigo.

Depois disso, Marinho fez um corte em Kanemmann, porém acabou tropeçando no zagueiro argentino. Aos 37, em uma falha de Vanderlei, que saiu errado para afastar a bola, Felipe Jhonathan cabeceou fora da área e desviou em Kaio Jorge, abrindo o placar do jogo. Após o contra-ataque pelo Kaio Jorge, Jobson recebeu ótimo passe, mas acabou escorregando e perdeu a chance de ampliar. O Grêmio até tentou uma reação, mas a primeira etapa se encerrou com a vitória parcial do Alvinegro.

SEGUNDO TEMPO

Na volta do intervalo, o Santos continuou com a mesma intensidade. Marinho finalizou por cima, mas a bola subiu, sem perigo, para o arqueiro da equipe gaúcha. Consequentemente, Lucas Braga cortou os jogadores gremistas e chutou forte, mas Vanderlei defendeu. Jobson, em cruzamento, tentou um voleio mas desperdiçou a chance de fazer o segundo do Peixe. Diego Pituca arriscou um chute na área e o goleiro conseguiu defender.

A equipe de Renato Gaúcho partiu para cima, Matheus Henrique bateu de primeira mas a bola foi para fora, do lado esquerdo. David Braz, após escanteio, cabeceou para fora. Kaio Jorge finalizou para fora, após a sobra na área. Porém, o time gaúcho começou a se encaixar na partida. Aos 56, Diego Souza empatou em cobrança de pênalti, chutou forte no ângulo. Por fim, a partida se encerrou com empate.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

O Grêmio joga contra o Goiás pelo Campeonato Brasileiro 2020, sábado (12), às 21h. Já o Santos enfrenta o Flamengo, domingo (13), no Maracanã, às 16h.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »