13/12/2020 às 23h39min - Atualizada em 13/12/2020 às 23h31min

Cano marca no fim e Vasco e Fluminense ficam no empate

Tricolor vencia até os 46 minutos do segundo tempo, mas atacante argentino salva o Vasco da derrota

Elison Lima - editado por Wesley Bião
Vasco e Fluminense ficaram no empate em São Januário (Foto: Alexandre Durão/Código 19/Estadão Conteúdo)
Com emoção no fim, Vasco e Fluminense empataram por 1x1, em clássico realizado no estádio de São Januário, neste domingo (13), em jogo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Wellington Silva abriu o placar aos nove minutos da primeira etapa, mas Germán Cano empatou para os donos da casa aos 46 do segundo tempo. Com o resultado, o Tricolor das Laranjeiras perdeu a chance de voltar ao G-4 e ficou na sétima posição, com 40 pontos. Já o Cruzmaltino viu a distância do primeiro time fora da zona de rebaixamento subir de um para três pontos, somando 25 pontos, com um jogo a menos e ocupando a 17ª colocação.

A igualdade no fim do jogo manteve duas escritas: o Vasco segue sem perder para o Fluminense em São Januário desde 1973 e também impediu que o Tricolor emendasse uma sequência de três vitorias no mesmo ano sobre o Cruzmaltino, ocorrido pela última vez em 1989.

PRIMEIRO TEMPO

O primeiro tempo foi amplamente dominado pelo Tricolor. A equipe do técnico Marcão teve as melhores oportunidades e exigiu bastante do goleiro Fernando Miguel. Em dez minutos o arqueiro trabalhou por três vezes, sendo duas em chutes de fora da área. Neste intervalo, o Fluminense abriu o placar. Após boa jogada pela direita de Igor Julião, Egídio cruzou, Leandro Castan rebateu para o meio da área e a bola sobrou limpa para Wellington Silva. O atacante dominou e bateu no canto, sem chances para o goleiro.

O Vasco procurou sair mais para o jogo, principalmente buscando o artilheiro Cano, sem sucesso. A melhor – e única – chance dos comandados de Ricardo Sá Pinto na primeira etapa foi com o lateral Neto Borges, que parou por duas vezes no goleiro Marcos Felipe no mesmo lance.

SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa mostrou um Vasco mais ousado, apesar das limitações técnicas e um Fluminense extremamente recuado e aparentemente satisfeito com o 1x0 no marcador. O Cruzmaltino se saiu melhor após a entrada do atacante Talles Magno. Aos 21 minutos, a cria da base vascaína cortou para o meio e acertou o travessão de Marcos Felipe. Aos 30, Léo Matos subiu sozinho após escanteio cobrado por Benítez e mandou pra fora. Talles perdeu outra grande oportunidade aos 40 minutos. Depois de jogada de Léo Matos, o atacante recebeu na meia-lua e, livre de marcação, isolou a bola.

Pressionado em seu campo de defesa, o Fluminense pouco atacou e acabou sendo castigado aos 46 do segundo tempo. Na base do abafa, Léo Gil lançou para a área, a bola sobrou para Cano dominar e marcar sem goleiro, empatando o confronto no apagar das luzes.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense visita o Atlético-GO na quarta-feira, no Estádio Antônio Aciolly, às 21h30, enquanto o Vasco joga no próximo domingo, novamente em São Januário, desta vez contra o Santos, às 16h.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »