17/01/2021 às 22h37min - Atualizada em 17/01/2021 às 22h18min

Liverpool e United empatam em clássico inglês da Premier League

Com o domínio dos Reds no começo da partida, os Red Devils demoram para se encontrarem no jogo e perdem a oportunidade de garantir a vitória

João Fellipe Ramos - editado por Thamyres Pontes
Wijnaldum evitando a saída da bola. (Foto: Divulgação/ Instagram Liverpoo FC)
No último domingo (17), o Liverpool recebeu em Anfield o atual líder da Premier League, Manchester United. O primeiro tempo da partida foi dominado pelo Liverpool, mas as chances não foram convertidas em gol. Já no lado visitante, seus momentos de brilho foram nos minutos finais de cada etapa, onde tiveram oportunidades de levar três pontos para Old Trafford. Porém, o jogo acabou em empate, as equipes não saíram do 0 a 0.
 
PRIMEIRO TEMPO
 
Logo aos três minutos, Shaqiri clareou bem a jogada, rolou para Wijnaldum, que jogou para lateral. Em seguida, Robertson se infiltrou na área e finalizou de perna esquerda, De Gea só observou a bola bater na rede pelo lado de fora. Os primeiros minutos foram controlados pelos Reds, que pressionaram a saída de bola dos Red Devils para que Pogba e Bruno Fernandes armassem as jogadas.

Os primeiros 15 minutos foram caracterizados pela pressão ofensiva do Liverpool e muitos erros de passe do time do Manchester, dificultando as transições de defesa para o ataque dos Red Devils. Com 16 minutos, Shaqiri enfiou uma bola para Mané, entre a zaga do United. O meia rolou para trás para que Firmino chutasse de perna esquerda; sem direção, desperdiçou uma boa chance de abrir o placar.

Aos 20 minutos, Mané acionou Robertson, que cortou para dentro. Puxando a marcação de Pogba, deixou para Shaqiri, que limpou para a perna esquerda  e chutou forte. Entretanto, bola acabou desviando na marcação do United e passou à esquerda do gol de De Gea, que pulou para garantir que não fosse no gol.


Com 32 minutos, Luke Shaw saiu da lateral e puxou o ataque, mas foi parado com a falta de Shaqiri, que levou cartão amarelo. A penalidade foi cobrada por Bruno Fernandes, ele buscou o ângulo mas a bola foi pegando curva e passou ao lado da trave de Alisson.

Até os 40 minutos da primeira etapa, o Manchester United tentou diversas vezes enfiar as bolas para Rashford e Martial, contudo, eles estavam sempre em posição irregular, dificultando a conclusão das jogadas. Ao todo, foram sete impedimentos.
 
O primeiro tempo teve domínio do Liverpool, que pressionou bastante a zaga do United para conseguir concluir à gol com tranquilidade. Dos 30 minutos até o apito final da primeira etapa, o Manchester equilibrou as ações, mas estava com problemas no último passe.
 
SEGUNDO TEMPO
 
Os primeiros cinco minutos da etapa final foram iguais aos da inicial, com pressão na saída de bola e o United tentando encaixar os contra-ataques para usar a velocidade de Martial e Rashford.

Com 15 minutos de jogo, Solskjær fez sua primeira substituição, ele tirou Martial para a entrada de Cavani. Com a alteração, o United ganhou um homem de área, podendo assim usufruir melhor as bolas aéreas.

Após um erro de passe de Luke Shaw, Arnold tocou para Shaqiri que de primeira rolou para Firmino. O atacante limpou Shaw e entregou para Salah;  no meio de Maguire e Lindelof, ele chutou entre as pernas do Maguire e a bola acabou passando do lado da trave.

Com 20 minutos, após bate-rebate, Fred dominou e tocou para Bruno Fernandes. Em seguida, ele finalizou de fora da área e a bola quicou na frente de Alisson, que apenas evitou o gol do United.

Aos 30 minutos, Rashford levou até a lateral e rolou para Luke Shaw, que cruzou rasteiro para Bruno Fernandes. Em outra tentativa de abrir o placar, ele chegou no meio dos zagueiros e tocou no contrapé do Alisson, que esticou o pé para evitar o gol.

Logo em seguida, Thiago teve boa chance para marcar o gol do Liverpool, driblou Fred e finalizou de fora da área com a perna direita, obrigando De Gea a pular e se esticar para evitar o gol.

Aos 38 minutos, Pogba rolou para Wan-Bissaka, que entrou na área e devolveu. Com isso, ele levantou a bola, ajeitou o corpo e pegou de voleio, a bola explodiu em Alisson, que defendeu mais uma tentativa de gol do United.

O jogo acabou com o placar zerado para os dois times. O resultado é bom para o Manchester, pois o time continua na liderança da Premier League. Em contrapartida, o Liverpool caiu para a terceira colocação.
O Liverpool fica em Anfield para receber o Burley em um compromisso válido pela 18ª rodada de Premier League, na próxima quinta-feira (21), às 17h no horário de Brasília. Já o Manchester United visita o Fulham em Craven Cottage, na próxima quarta-feira (20), às 17h15min, no horário de Brasília.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »