18/02/2021 às 20h37min - Atualizada em 18/02/2021 às 20h30min

Com dois gols no final da partida, Ajax vira para cima do Lille pela Liga Europa

Brian Brobbey saiu do banco de reservas e virou o jogo aos 44 minutos para os holandeses

Léo Abrantes - editado por Anna Voloch
Brobbey comemorando seu gol (Foto: Divulgação/Twitter AFC Ajax)
As equipes do Lille e do Ajax se enfrentaram nesta quinta-feira (18) no jogo de ida da 2ª rodada da Liga Europa, no Stade Pierre-Mauroy, em Lille, na França. Os gols foram marcados no segundo tempo: Timothy Weah, para o time francês, e Dusan Tadic e Brian Brobbey, para o time holandês.
 
PRIMEIRO TEMPO
 
Nos primeiros minutos, as equipes estudaram bastante o jogo e buscaram entender as movimentações, os espaços e as funções de alguns jogadores na partida. Contudo, era nítida a pressão alta que os jogadores do Lille aplicavam nos seus defensores, que muitas vezes perdiam a posse de bola e tinham que lidar com um ataque mais direto da equipe da casa.
 
Com o passar da primeira etapa, o Ajax buscava mais chegar ao gol através dos passes, sempre com toques curtos ou que quebrassem as linhas de marcação. Além disso, tinha mais a posse de bola na maior parte do tempo – 63% aos 25 minutos. A partida ficava cada vez mais controlada para o Joden.
 
Apesar da boa marcação na saída de bola, o Ajax conseguia recorrer a David Neres e Antony, que são pontas, mas se movimentam bastante e buscam espaços no meio e nas beiradas do campo. Outros destaques foram Blind, que jogava no meio-campo, mas completava a linha defensiva e era responsável pela saída de bola, e Tadic, cuja movimentação abria espaços para os pontas correrem.
 
Enquanto os holandeses dominavam as ações da partida, a equipe do Lille se defendia mais, sem conseguir contra-atacar quando o Ajax estava trocando passes perto da grande área. O foco dos Dogues era na defesa, principalmente em não deixar a bola chegar bem próxima ao gol.
 
Quando os holandeses tinham que sair da própria grande área, a pressão do Lille era mais efetiva e potencializava o estilo mais direto da equipe francesa, com Renato Sanches sendo o principal responsável por acelerar o ataque e Yazici a maior referencial na frente. Esse cenário mais favorável aconteceu apenas durante o início e o final do tempo, mas sem sucesso.
 
SEGUNDO TEMPO
 
A segunda metade se iniciou com uma pressão do Ajax na saída de bola, mas que não durou por muito tempo, porque logo depois a equipe do Lille conseguiu reter mais a posse. Entretanto, os Dogues não conseguiam evoluir na fase ofensiva e trocavam muitos passes laterais, sem ter potencial para encontrar os espaços ou muitas chances de finalizar.
 
Aos poucos, o Ajax foi retomando as ações mais perigosas da partida e a posse de bola. Depois da metade dessa segunda etapa, os holandeses já controlavam a partida e chegava muito mais perto do gol do que o adversário, conseguindo se livrar das marcações e encontrando espaços. Apesar dos 65% de posse de bola, o Joden havia finalizado ao gol apenas seis vezes.
 
Por outro lado, o LOSC mantinha a defesa forte, mas com um ataque pouco criativo quando o Ajax não pressionava a bola. E o mesmo ataque, aos 27 minutos, recebeu um presente do lateral Tagliafico, que fez um passe curto em direção ao goleiro, e Timothy Weah aproveitou e bateu na saída do de Stekelenburg para abrir o placar.
 
Após o gol, a partida ficou mais simples: Ajax atacava e o Lille defendia. Os holandeses começaram a povoar mais a área adversária e utilizar as laterais para cruzamentos ou infiltrações. Em uma dessas chegadas, Tagliafico foi derrubado por Renato Sanches na área e o pênalti foi marcado; após checagem no VAR, a falta foi confirmada e a penalidade bem cobrada por Tadic. Aos 42 minutos, o jogo estava empatado.
 
Logo após o gol, as equipes não mudaram muito suas características, apenas o Lille pressionava um pouco mais além da linha do meio campo. Isso bastou para que o Ajax pudesse fazer uma troca de passes pelos espaços e lançar Brian Brobbey, que finalizou e marcou o gol da vitória. Com seis minutos sobrando no relógio, o Lille avançou seus jogadores em busca do empate, mas sem nenhum sucesso.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS
 
O time da casa tentará uma recuperação fora de casa no confronto contra o Lorient, em partida válida pela Ligue 1, no domingo (21), às 13h05 (horário de Brasília). Já o time vencedor volta para a Holanda para jogar em casa contra o Sparta Rotterdam, domingo, às 16h (horário de Brasília), pela Eredivisie. O confronto de volta entre os clubes será na próxima quinta (25), às 14h55 (horário de Brasília).

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »