22/02/2021 às 02h30min - Atualizada em 22/02/2021 às 02h08min

Em jogo morno, Corinthians e Vasco não saem do zero

Timão não tem mais chances de Libertadores, já o Cruz-Maltino está praticamente rebaixado para a Série B

Carolina Lipares - Editado por Juan Camilo
Cazares e Gomes na disputa de bola (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)
Na tarde deste domingo (21), Corinthians e Vasco apenas empatam na Neo Química Arena pela 37ª rodada do Brasileirão. O Timão está em 10° lugar na tabela, com 50 pontos. Com o empate, perde qualquer chance de se classificar para a Libertadores, mesmo que o Corinthians vença o Internacional na última rodada. Enquanto o Vasco vai a 38 pontos e está a três pontos do Fortaleza, primeiro fora do Z4. A equipe de Luxemburgo, matematicamente ainda não está rebaixada. Precisará vencer o Goias, atualmente rebaixado, em São Januário e torcer para o Fluminense derrotar o Fortaleza, tirando uma diferença de 12 gols (-8 Fortaleza, -20 Vasco).

PRIMEIRO TEMPO

Corinthians começou com a posse de bola melhor, porém não conseguia furar o bloqueio da zaga do cruzmaltino e pecando nas finalizações. Aos seis minutos, Yago Pikachu cobrou o escanteio, levantando a bola na área, mas a defesa corinthiana afastou e puxou o contra-ataque com Leo Natel, com três opções e dois marcadores, dominou e isolou a bola.

Vasco estava trocando bola na defesa e buscando espaços, entretanto não conseguiu passar do meio-campo. Logo aos 16 minutos, após uma movimentação no lado direito do ataque do Timão, Fagner recebeu de volta e soltou uma bomba, mas o goleiro vascaíno saiu bem na bola e espalmou para escanteio.

O Cruz-Maltino recuou para defesa, enquanto a equipe madante trocava passes, buscando espaços. Gustavo Mosquito reclamou de dores no joelho direito e precisou ser substituído. No lugar, Mancini colocou Gabriel Pereira. A primeira chance vascaína foi aos 37 minutos. Pikachu recebeu pela direita ajeitou, mas em vez de cruzar, rolou a bola para Carlinhos que arriscou o gol.

A partida esfriou bastante e a primeira etapa terminou zerada. A equipe paulista estava jogando melhor e obteve as melhores chances. Já os cariocas, não lançaram perigo ao Cássio e tiveram mais dificuldades com a bola.
 
SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou pressionando, trocando passes e o Vasco se fechou. Aos 10 minutos, Cazares lançou na área, ramiro completou com pouca força na cara de Fernando Miguel.

Alguns minutos depois, Michel Macedo chegou em velocidade, cruzou e foi atingido por Henrique. A bola cruzou na área, ficou para Fabio Santos que de primeira mandou uma pancada raspando na trave.

Vasco respondeu logo em seguida. Henrique cruzou na área, a bola fez uma curva e passou raspando na trave do goleiro corintiano. As mudanças feitas pelo Luxemburgo no segundo tempo, não surgiram efeitos e o Cruz-Maltino não conseguia movimentação.

A partida se manteve sem empolgação. Corinthians trocava passes, mas não conseguia encontrar os espaços para finalizações e perdendo algumas chances, enquanto  equipe visitante se manteve o mais fechado possível e não tinha mais energia para pressionar o time Alvinegro.

Nos últimos minutos, o Timão fez um rápido contra-ataque, Otero abriu para Jô, invadiu a área, bateu forte, mas Fernando Miguel salvou. A partida terminou em um empate sem gols, com uma situação muito delicada para o Vasco
 
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS

As equipes voltam a campo na quinta-feira (25), pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão enfrenta o vice-líder Internacional, às 21h30 (horário de Brasília), no Beira Rio. Já o Cruzmaltino recebe o Goiás também às 21h30 (horário de Brasília), em São Januário.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »