26/02/2021 às 10h23min - Atualizada em 26/02/2021 às 10h02min

90 anos de Toni Morrison – Potência na escrita e em sua trajetória

Toni Morrison completaria 90 anos em 2021, autora marcada por sua escrita visionária e linguagem poética

Adélia Fernanda Lima Sá Machado - Editado por Gustavo Henrique Araújo
Tag Livros | Revista Claudia | El País
Foto: Toni Morrison | Reprodução: Google
Em 1931, nos Estados Unidos, nasceu Chloe Anthony Wofford, filha de um soldador e de uma dona de casa, que logo viria a se tornar Toni Morrison, uma das maiores escritoras negras da literatura. Em fevereiro de 2021, Toni completaria 90 anos, apesar da sua partida, seus escritos continuam vivos e ecoam com potência até hoje.

Toni Morrison é conhecida por sua escrita forte e visionária, além de funcionar como denúncia das mazelas e exclusões que o povo negro é alvo. A sua importância no mundo literário é incontestável; os seus primeiros passos nesse universo foram através de um trabalho em uma famosa editora, a Random House, em que ela se cercou de editores e escritores, o que instigou e sustentou seu desejo pela escrita.

As suas obras conseguem trazer sensibilidade aos olhos dos seus leitores, cada um dos seus registros que se tornaram livro marca uma fase do cenário nacional e dos sentimentos da autora em relação a eles.

Em 1980, os Estados Unidos viviam em um cenário de conservadorismo frente às conquistas dos direitos civis da população negra e do fim da segregação racial, e é nesse período que Toni Morrison lança, em 1987, uma de suas obras mais aclamadas e conhecidas intitulada: "Amada". Essa obra traz como protagonista uma ex-escrava e levanta debates sobre o racismo e a pós-escravidão; uma leitura potente e necessária, que tempos depois foi adaptada aos cinemas, em 1998, ganhando tanta repercussão quanto o livro e estrelando Oprah Winfrey.



Mas antes mesmo de publicar o seu livro "Amada", a escritora norte-americana lançou, em 1970, "O olho mais azul", o seu romance de estreia, um livro que chegou ao Brasil logo no início de 2019 pela TAG Livros, um clube de assinaturas de livros. A obra traz como tema central o padrão de beleza e como as mulheres pretas enfrentam seus medos e tentam se encaixar neste “padrão” estabelecido.


O sucesso do livro foi tremendo entre os asssinates da TAG; em relação à edição de "O olho mais azul", quem comenta sobre esse sucesso e revela a escrita da autora é Gabriel Fragoso, Analista de Comunicação do clube de assinaturas de livros:
 

Toni Morrison é uma escritora muito amada pelas pessoas que fazem parte da TAG. "O olho mais azul", enviado em março de 2019 (com a curadoria de Djamila Ribeiro), é um dos livros mais bem-avaliados e celebrados da história do clube -- com grandes repercussões até hoje, quase dois anos depois. Comentários como "Encantada com algumas passagens que soam tão poéticas e viscerais, sentido de uma realidade tão viva e literal" ou "Eu amei o livro. Pesado, intenso, sem rodeios. Ainda estou digerindo a parte final, me atingiu de uma maneira muito forte. Um livro espetacular. Um deleite estético e filosófico", exemplificam a maneira como, de modo geral, nossos leitores recebem a obra de Toni Morrison.

Quando se trata da singularidade na escrita da autora, os leitores que já tiveram ou têm acesso às obras compartilham a experiencia única e enriquecedora, como é o caso da Comunicadora Social e criadora de conteúdo literário, Laura Santos, de 23 anos, que, ao ser questionada sobre os sentimentos que os escritos de Toni lhe trouxeram e como a autora retrata os personagens, afirma:
 

“Eu fiquei muito presa à escrita da Toni Morrison porque apesar de tratar de temas muito dolorosos, ela tem uma linguagem extremamente poética. Toni Morrison devolve a humanidade às personagens negras ao mesmo tempo que mostra como essa humanidade foi apagada ao longo dos séculos. Eu acho que qualquer pessoa que esteja disposta a repensar as estruturas que moldam a nossa sociedade deveria ter um espaço na estante para Toni Morrison, porque é uma escrita que chega profundamente em nós."

Assim, demonstra como Toni Morrison conseguiu conquistar leitores mundo afora, apresentando as realidades do povo negro com um toque poético, mas sem romantizar, o que traz sensibilidade para a visão do público leitor.
 

Dos obstáculos aos prêmios
 

A norte-americana negra Toni Morrison, com sua forma de escrita  humana e singular, protagonizou um dos Prêmios mais importantes da literatura americana, o Pulitzer, em 1988, resultado de sua obra mais conhecida, "Amada", já citada nesta matéria. Essa obra passou por vários obstáculos até ter seu reconhecimento merecido, pois logo após ser lançada, ela foi banida nas escolas, porque foi vista por alguns críticos como uma linguagem agressiva para os jovens.

Além do Pulitzer, Toni Morrison marca a história da literatura por ser a primeira mulher negra (e única, até o exato momento) a receber o Prêmio Nobel de Literatura, em 1993. Ela foi premiada por seus romances “caracterizados por uma força visionária e um influxo poético, [que dão] vida a um aspecto essencial da realidade americana”, assim a própria academia a caracteriza.

O seu reconhecimento por meio dos prêmios só reforçam o tamanho da escrita da autora, assim como a sua importância na literatura e na representação da fala e do discurso dos negros, na sua realidade e em seu cenário. Vale ressaltar que são muitos os leitores que conhecem Toni por protagonizar prêmios tão importantes, como é o caso da estudante Maria Eduarda Veiga, de 21 anos, que afirma ter conhecido Toni Morrison por meio de indicações de booktubers, influenciadores de grande importância para o incentivo à leitura nas mais variadas idades, e sua curiosidade aguçou quando descobriu que a escritora foi a primeira mulher negra a receber o Prêmio Nobel de Literatura.

Toni Morrison completaria 90 anos em fevereiro, contudo, os seus escritos permanecem vivos e compartilhando todos os sentimentos da escritora, além de conseguirem trazer visibilidade e representatividade em vários temas antes esquecidos.


Leia mulheres negras! Leia Toni Morrison!
 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »