27/02/2021 às 18h03min - Atualizada em 27/02/2021 às 16h48min

Grêmio vê chances de renovação com Renato aumentarem após Atlético-MG encerrar negociações pelo técnico

Representante do treinador viajou para BH, mas as partes não entraram em nenhum acordo, o que pode se encaminhar para uma possível renovação de contrato entre os gaúchos

Josimara Megiato - editado por Anna Voloch
Renato Gaúcho é o técnico mais longevo da Série A atualmente (Foto: Reprodução/Lucas Uebel/Grêmio)

O assunto do momento envolvendo o técnico Renato Portaluppi é a sua possível saída do Grêmio. As conversas pela renovação de contrato entre o treinador e o clube gaúcho já iniciaram, mas até o momento nenhum acordo foi firmado. Os rumores sobre o futuro de Renato cresceram depois do Atlético-MG demonstrar interesse no técnico, e afirmar que iria fazer uma proposta tentadora ao treinador.

 

O técnico do Grêmio teve seu contrato encerrado em fevereiro deste ano, mas por conta da final da Copa do Brasil contra o Palmeiras, o clube assinou um termo aditivo contratual com o treinador, prorrogando temporariamente o vínculo entre as partes e, permitindo assim, que Portaluppi possa comandar o clube nos dois jogos da final. Dessa forma, Renato Gaúcho vem recebendo propostas de alguns clubes brasileiros. Até então, a mais avançada era a do Galo ,que demonstrou forte interesse no treinador após a saída de Jorge Sampaoli. Desde então os mineiros vinham investindo nas negociações. 



 

Pelo lado tricolor o propósito sempre foi de renovação, mas sem ultrapassar a proposta orçamentária para a temporada. Recentemente o presidente do clube, Romildo Bolzan, disse que as conversas com o técnico e seus representantes já estavam bem avançadas, e que tudo estava se encaminhando para uma renovação de contrato. Porém, logo em seguida, o empresário de Renato, Gerson Oldenburg, viajou para Belo Horizonte, o que reforçou as suspeitas de um possível acordo com o time mineiro. 

 

O Grêmio, por sua vez, alegou que não iria cobrir nenhuma proposta financeira, nada que extrapolasse o orçamento para a temporada. A ideia é de um reajuste salarial para a equipe técnica, mas nada muito significativo. Em relação aos valores, o treinador ganha atualmente no tricolor um salário estimado em 500 mil reais por mês. No Galo, este valor seria bem maior, somando-se a um grande investimento com  a contratações de jogadores, já que o clube mineiro vem recebendo patrocínios de grandes empresas

 

Mas segundo a Rádio Pachola, na tarde do último sábado (27), as negociações entre Renato e Atlético já foram encerradas. Com isso, aumentam as chances do treinador continuar no clube que lhe consagrou. Assim, Portaluppi e Grêmio iriam para o quinto ano consecutivo de parceria, e o treinador continuaria como técnico mais longevo da Série A.

 

Gaúcho deixou claro que para ficar no Grêmio, quer ter condições de contratar. No último dia 14, após a derrota para o São Paulo, por 2 a 1, na entrevista coletiva do pós-jogo, o comandante tricolor se mostrou insatisfeito com a limitação de contratações, e ainda citou: “Para chegar, tem que investir”. O treinador não esconde que seu grande objetivo é um dia treinar a Seleção Brasileira e, em temporadas passadas, já recusou propostas de outros clubes alegando que só sairia do tricolor se fosse para comandar a seleção canarinha

 

TRAJETÓRIA DE RENATO NO GRÊMIO 

 

O técnico, que já está há quatro anos e meio no Grêmio, coleciona títulos, polêmicas e elogios. Renato se tornou técnico do tricolor gaúcho pela primeira vez em 2010 e ficou até 2011, quando venceu a Taça Piratini. Depois disso, logo em seguida voltou a comandar o clube, em 2013. 
 

Em sua passagem mais recente, o treinador colecionou títulos e escreveu uma vitoriosa e inédita história como treinador do clube. Ele, que já era ídolo pelos seus feitos dentro de campo, a partir de 2016 começou a traçar uma importante etapa de sua carreira como técnico, tornando-se então admirado também fora das quatro linhas. Em seu primeiro ano no comando da equipe, Renato chegou e conquistou o título da Copa do Brasil, dando fim então à seca de 15 anos do clube sem um título de expressão.



 

No ano seguinte, em 2017, chegaria a vez do maior título de sua carreira como treinador, a Libertadores da América. Com isso, tornou-se o primeiro brasileiro a conquistar o título como jogador e também treinador. Depois desse, o tricolor gaúcho venceu os estaduais de 2018, 2019 e 2020, além da Recopa Sul-America de 2018, e Recopa Gaúcha de 2019. Tais feitos levaram o clube a fazer uma estátua em homenagem ao treinador em frente à Arena.



 

O último título de Renato foi o Gauchão de 2020. Entretanto, no próximo domingo, esse quartel de títulos pode aumentar e acrescentar mais uma Copa do Brasil no currículo do treinador. A primeira partida aconteceu no último domingo (28) e terminou com a vitória do Palmeiras por 1 a 0 na Arena do Grêmio. O segundo jogo será no Allianz Parque, no próximo dia sete de março, às 18h (horário de Brasília). Se vencer a competição, Renato vencerá sua segunda Copa do Brasil como treinador do Grêmio, e o clube se tornará hexacampeão.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »