07/04/2021 às 14h00min - Atualizada em 07/04/2021 às 13h04min

Santos vence o San Lorenzo fora de casa e abre boa vantagem para conquistar a classificação

Na partida de volta o time brasileiro pode perder por até um gol de diferença para se classificar para fase de grupos da Libertadores

Julia Robita Torres - Editado por Juan Camilo
Time do Santos comemorando gol de Lucas Braga (Foto: Divulgação/Twitter Libertadores)
Nesta última terça-feira (6), o Santos foi à Argentina enfrentar o San Lorenzo, no estádio Pedro Piegan, em jogo de ida da Pré-Libertadores. O time brasileiro foi consistente do começo ao fim. Vnceu a partida pelo placar de 3x1, com gols de Lucas Braga, Marinho e Ângelo pelos visitantes e com Ángel Romero descontando para o time argentino.

Com o resultado, o Peixe leva uma boa vantagem para o jogo de volta (pode perder por um gol de diferença e mesmo assim se classificará), que acontecerá na próxima semana.
 
PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo foi de amplo domínio da equipe santista. Os minutos iniciais do jogo foram marcados pelo San Lorenzo tentaou pressionar a saída de bola do Santos e diminuir os espaços, o que não durou muito tempo. O Peixe teve paciência e logo começou a encaixar as primeiras jogadas perigosas. Aos oito minutos, após bela troca de passes, Lucas Braga avançou com a bola, encarou a marcação e chutou no gol para abrir o placar.

A equipe brasileira continuou atacando e trocando bons passes, mas pecando na tomada de decisão na hora de finalizar. Já El Ciclón apostou em ligações diretas e pouco conseguiu construir. O jogo seguiu no mesmo panorama, Santos com mais possibilidade e chances e o time argentino não conseguiu construir e nem chegar com perigo. A única chance clara de gol veio ,aos 32 minutos, num contra-ataque perigoso em que Pittón recebeu um cruzamento na área, mas acabou travado por Kaiky antes de conseguir finalizar.

O Santos diminuiu o ritmo e passou a administrar a vantagem, mesmo assim não deixou espaços para o time argentino. Aos 44 minutos, Marcos Leonardo recebe a bola na área e tira do goleiro, que chegou atrasado na bola e cometeu a penalidade. Marinho, que voltava a jogar depois de 65 dias e recuperado de lesão e da COVID-19, foi para a cobrança e bateu forte no canto superior direito, sem chances para o goleiro Devecchi.


Marinho e Gabriel Pirani comemoram gol (Foto: Divulgação/Twitter Libertadores)
 
SEGUNDO TEMPO
Com o placar favorável, o Santos continuou controlando as ações da partida e conseguindo boas jogadas usando a velocidade de seus atacantes, mas o San Lorenzo já conseguiu chegar com mais perigo do que no primeiro tempo. Aos 17 minutos, Juan Ramírez chutou forte para o gol do goleiro João Paulo e a bola passou próximo. Depois disso, Donatti recebeu cruzamento e cabeceou para o gol, mas a bola passa por cima.

Aos 25 minutos, o técnico Diego Dabove promoveu duas alterações na equipe argentina, saem Diego Rodríguez e Troyansky e entram Elías e Nicolás Fernandez. Um minuto após sua entrada, Fernandez recebe a bola pela direita, cruzou para a área e contou com a ajuda de Pará, que falhou ao tentar afastar. A bola sobra para Ángel Romero, que sozinho dominou e chutou para descontar para os mandantes.

Após sofrer o gol, o Santos mostrou certo nervosismo e desatenção. Os minutos seguintes tiveram boas chances para o San Lorenzo, que acabou defendidas pelo goleiro João Paulo ou tiradas pela zaga. Aos 37 minutos, Ariel Holan promove suas primeiras alterações, já observando a mudança no controle das ações do jogo. Saíram Marcos Leonardo, Marinho e Gabriel Pirani e entraram Bruno Marques, Ângelo e Soteldo.

As mudanças surtiu efeito rapidamente e os atacantes que entraram apostaram em jogadas individuais de velocidade para levar perigo. Já nos acréscimos, Holan substitui Lucas Braga por Madson. Aos 48 minutos, Soteldo puxou o contra-ataque e abriu para Madson, que bateu para o gol e obrigou o goleiro Devecchi a realizar boa defesa. No rebote, Ângelo aparece livre de marcação para finalizar e definir o placar final. Com esse gol, o jovem de 16 anos se tornou o mais jovem a marcar gol em uma Libertadores.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS
As equipes têm situações distintas pela frente. O San Lorenzo visita o Platense, no Estádio Ciudad de Vicente Lopez, nesta sexta-feira (9) às 21h (horário de Brasília), em partida válida pela 9ª rodada do Campeonato Argentino. Já o Santos, segue com incertezas sobre seu próximo confronto. O time receberia o Botafogo-SP, na Vila Belmiro, no próximo domingo (11), às 15h (horário de Brasília) em partida válida pela 9ª rodada do Paulistão, mas devido às restrições sanitárias impostas pelo Governo do Estado para o controle da pandemia, não sabe se a partida acontecerá. O Campeonato Paulista está paralisado desde o dia 14 de março e a previsão de retorno é para o dia 11 de abril.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »