05/06/2021 às 23h24min - Atualizada em 05/06/2021 às 23h12min

Nets derrotam os Bucks em casa e abrem vantagem na série

Mesmo com 34 pontos de Giannis, o Brooklyn contou com a eficiência coletiva para garantir a vitória

Léo Abrantes - labdicasjornalismo.com
Kevin Durant sendo marcado por Khris Middleton (Foto: USA TODAY Sports)
Os times de Brooklyn Nets e Milwaukee Bucks se enfrentaram neste sábado (5) pelo jogo um das semifinais da Conferência Leste da NBA, no Barclays Center, em Nova York. A equipe da casa venceu por 115 a 107 e abriu vantagem na série de sete jogos. Os destaques ficam por conta das boas apresentações de Blake Griffin e Joe Harris, que acertaram mais de 50% nas bolas de três, e Kevin Durant, com 29 pontos e dez rebotes.
 
1º QUARTO
 
Logo no primeiro minuto, um timeout foi pedido pelo técnico Steve Nash, pois James Harden sentiu a coxa e saiu de quadra em direção aos vestiários – e não retornaria mais. No jogo, os ataques começaram com alto aproveitamento, tanto no perímetro quanto no garrafão. Os Bucks buscavam jogadas mais próximas a cesta, enquanto os Nets rodavam a bola e exploravam as jogadas individuais.
 
Com o passar do tempo, o time da casa manteve a eficiência no ataque, mas ficou sempre atrás do placar, por conta dos rebotes ofensivos do adversário. No final do quarto, o jogo estava 32 a 30 para o time Milwaukee, que, mesmo com a eficiência menor, se mantinha a frente pelos pontos de segunda chance.
 
2º QUARTO
 
Passando na frente em sua primeira posse do segundo quarto, o Brooklyn Nets voltou com a mesma força ofensiva. Kyrie Irving e Kevin Durant sempre buscavam jogadas individuais e, com frequência, acertavam seus arremessos. Porém, uma das principais característica da equipe de Brooklyn era espaçar os jogadores no perímetro, para que abrisse espaço para atacar a cesta.
 
Já os Bucks enfrentavam dificuldades no ataque, pois estavam 2/15 nos arremessos de três pontos e 0/3, neste quarto. A principal característica era explorar jogadas no poste baixo, para aproveitar a maior estatura de seus jogadores, mas tinham pouco sucesso no geral. Perto do fim, o ataque voltou a melhorar, mas não foi suficiente para retomar o placar, e o quarto acabou 61 a 63 para os Nets.
 
3º QUARTO
 
Após o intervalo, as equipes retornaram à quadra sem diferenças no estilo de jogo da primeira etapa. Milwaukee explorava a estatura para pontuar no garrafão, enquanto Brooklyn rodava a bola e buscava jogadas individuais. Quem havia se destacado nesse começo de segundo tempo fora Blake Griffin, que aparecia para ajudar Durant nas armações de jogadas e acertar bolas de três.
 
Mas as maiores dificuldades dos Bucks eram no ataque, principalmente quando Giannis ia para o banco. Além do baixo aproveitamento no perímetro, muitos arremessos eram bem contestados e de jogadas pouco trabalhadas, o que gerava mais erros e dava contra-ataques para o adversário. E mesmo com o grego em quadra, o ataque não melhorou. Aproveitando o mau momento do adversário, os Nets abriram ainda mais a vantagem e venciam por 98 a 84.
 
4º QUARTO
 
Entrando no último quarto perdendo por 14 pontos, Giannis Antetokounmpo dominou a maioria das posses de bola no ataque e alcançou 32 pontos na metade do quarto. Contudo, seus principais companheiros, Khris Middleton e Jrue Holiday, não estavam com bom aproveitamento e pouco pontuaram nesse período.
 
Por outro lado, os Nets não perderam a intensidade e continuaram com bom aproveitamento no ataque. Não só Kevin Durant era fundamental para a vantagem não diminuir, como também outros jogadores apareciam para pontuar: Blake Griffin e Joe Harris principalmente. Depois de colocar a vantagem em mais de 16 pontos, faltando três minutos para acabar, os reservas de ambas as equipes entraram para finalizar a partida.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS
 
Os Bucks vão tentar buscar reabilitação no Jogo 2, que será disputado na terça-feira (7), às 20:30 (horário de Brasília), novamente no Barclays Center.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »