10/06/2021 às 16h04min - Atualizada em 10/06/2021 às 14h53min

WhatsApp autoriza transações bancárias durante as conversas

Para enviar ou receber pagamento, é necessário ter um cartão de débito

Paulo Marques Pinto - Editado por: Celine Almeida
Informações de Tecnoblog e Você S/A.
Foto: Techtudo

Você sabia que pode enviar ou receber dinheiro via WhatsApp? No dia 4 de março, o mensageiro mais popular do planeta passou a contar com transações financeiras dentro de conversas particulares ou em grupo. Não é preciso pagar taxas ou acessar aplicativos de banco. O Brasil, com 130 milhões de usuários, foi um dos primeiros países contemplados.

Inicialmente, o WhatsApp Pay seria instalado em junho, mas o Banco Central e o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) receberam a notícia com desconfiança, pois estavam preocupados com a segurança dos dados dos usuários e o sistema financeiro brasileiro, conforme escreveu Juliana Américo para a revista Você S/A.

Na verdade, esse sistema é regido por bandeiras tais como Mastercard, Visa e Cielo. São estas que organizam os pagamentos por cartão e fazem a ligação entre o vendedor e o cliente. Então, desde março, por decisão do Banco Central, o Facebook se encarrega de movimentar dinheiro sem a interferência dos bancos.

Por enquanto, apenas pessoas comuns podem usar a ferramenta, isto é, transferir dinheiro entre si. Para isso, é necessário ter 18 anos ou mais e um cartão de débito ou um cartão múltiplo com a função de débito. Até agora, os bancos que já aderiram ao WhatsApp Pay são: Banco do Brasil, Inter, Bradesco, Itaú, Mercado Pago, Next, Nubank, Sicredi e sua conta digital Woop.

Como o WhatsApp permite a função de Pagamentos apenas para amigos e familiares, o usuário pode fazer 20 transações por dia, desde que não ultrapassem o limite de R$ 1.000,00 cada, nem o total de enviados e recebidos que equivale a R$ 5.000,00 por mês.

Além disso, a criptografia que cobre os pagamentos é diferente, porque envolve justamente os bancos. Para a transação, exige-se um PIN integrado ao Facebook Pay ou biometria. A inclusão de um cartão de débito demanda verificação via SMS ou aplicativo do respectivo banco. Assim, nosso dinheiro não se perde jamais, o que nos leva a concluir que a ferramenta é confiável.

O status “Efetuado” significa que o pagamento deu certo. Mas, desde o pedido até o processamento, esse status varia entre “Processando” e “Pendente”. Se o pagamento não for aceito em até dois dias, o valor volta para quem o enviou, o que se comprova em “Não efetuado” ou “Expirado”. O resultado é quando a descrição no extrato começa com FBPAY*WA ou FBPAY – WA.

 

Será que o WhatsApp Pay realmente funciona?

Dentro de uma conversa, clique no sinal da cruz (+), se seu aparelho for iPhone, ou no clips, caso seja Android. Selecione a opção “Pagamento”, insira o valor e escolha entre enviar ou receber o dinheiro. Caso seja sua primeira, precisa criar uma senha de seis dígitos, cadastrar sua biometria e seus dados pessoais e, então, cadastrar um novo cartão. Com o cartão já incluso, é só clicar em “Pagar”.

Outra pessoa será avisada sobre a transferência via SMS. Portanto, depois de selecionar a opção “Aceitar Pagamento”, com o cartão já cadastrado, o dinheiro cai na conta. Em “Configurações” e depois “Pagamentos”, é possível adicionar novos cartões e controlar as transações.


 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »