20/06/2021 às 04h43min - Atualizada em 18/06/2021 às 03h17min

Crônica: aqui a fofoca é defendida

Entendendo a fofoca como prática social e analisando o que constitui uma boa fofoca

Fernando Azevêdo - Editado por Talyta Brito
 

Nas calçadas das casas do interior. Na fila do banco. Na escola, na faculdade, no trabalho. Nas rodas de amigos e no chat das redes sociais. Todo lugar é lugar da fofoca. Sempre é tempo para compartilhar um pouco do que acontece à volta dos sujeitos. Por que o supermercado do bairro fechou? Quem terminou um relacionamento de anos? E por aí vai... A fofoca é uma prática social muito tradicional e dinâmica.
 

Há aqueles que entendem a fofoca como uma atividade saudável de transmissão de conhecimento e informação. Isso é muito importante. Às vezes, é necessário desviar o foco da monotonia da vida. Agora, em tempos de distanciamento social, o assunto tem mobilizado muito apoio, mas muitas controvérsias. Sendo tão tradicional, é claro que iriam achar algum defeito.

 

E pode haver vários, na verdade. A boa fofoca tem de ser minimamente checada. Sejamos contra a desinformação!  Ela também não pode ter o intuito de prejudicar a imagem de ninguém. Defendamos a fofoca sempre sensata e que respeite o próximo, certo? Há certos temas inapropriados ou delicados demais para ser fofoca. Sem ódio. Fofoca também é coisa séria!

 

Defendendo o uso dessa prática advinda de tempos remotos, é de bom tom ver um passo a passo para a fofoca perfeita. Chama um amigo, diz que tem uma "fofoca quente" para contar a ele, espera a resposta - em geral, "contaaa" - e solta a informação. Os dois não podem esquecer do "mas quem somos nós para julgar, não é?", pondo fim ao momento.

 

Mas, novamente, é sério. Tem gente que acha que fofoca não edifica. Como pode? Muitas vezes, ela é a base de relações humanas, aspecto intrínseco de amizades. Reforçando que a boa fofoca é bem trabalhada e responsável. Fofocar é diferente de falar mal das pessoas. Fofocar é uma comunicação informal e natural. Uma prática como essa parece ser muito edificante.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »