29/07/2021 às 22h09min - Atualizada em 29/07/2021 às 22h06min

Série de true crime brasileiro apresenta a primeira entrevista com Elize Matsunaga

Hellen Vasconcelos - Edição por Brenda Freire

No dia 8 de julho, estreou no streaming Netflix a série de true crime brasileira Elize Matsunaga: Era uma vez um crime. Dirigido por Eliza Capai, que possui um histórico de trabalhos com foco na perspectiva feminina, a produção apresenta a primeira entrevista da ré confessa, que narra sua versão da história. 

 

O documentário possui quatro episódios, cada um com 50 minutos de duração, abordando o caso de assassinato de Marcos Matsunaga por sua esposa, em 2012. O relato de Elize Matsunaga foi gravado em 2019, durante uma saída temporária da Penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, em São Paulo. Elize relata no início que sua principal motivação para participar do documentário é pela oportunidade de explicar a história para sua filha.

O assassinato de Marcos Matsunaga, herdeiro da Yoki, chocou o país por conta da brutalidade do descarte do corpo, que foi esquartejado e as partes foram espalhadas na mata. Elize, a princípio, simulou que o marido havia sumido, e insinuou para a família que ele teria fugido com a amante. Mas com a descoberta das partes do corpo e as provas apontando para ela, confessou o crime.

O documentário não mostra simplesmente a história que a ré quer contar, mas contrapõe com fatos comprovados pela investigação criminal, a partir da visão de delegados, promotores, advogados, jornalistas e outros profissionais envolvidos no caso. A série também apresenta alguns aspectos da repercussão midiática e como influenciou a opinião pública.  

A característica mais marcante na série é a dimensão que dão a vida de Elize, humanizando a figura que desde o crime foi posta como monstruosa. As dificuldades da vida da ré não tentam justificar ou diminuir o assassinato cometido, mas ajudam na compreensão da vida e do relacionamento conturbado que o casal possuia.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »