16/09/2021 às 23h54min - Atualizada em 16/09/2021 às 23h33min

STJD derruba liminar que permitia a presença do público nos jogos do Flamengo

Após inúmeras decisões, tribunal não autorizou presença da torcida nos jogos do rubro-negro até o dia 28, dia que haverá nova reunião do conselho

Josimara Megiato - labdicasjornalismo.com
Clubes tentaram paralisar campeonato brasileiro. Reprodução: Fernando Torres/CBF/Agência Brasil

Nesta quinta-feira(16), o vice-presidente do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva(STJD), Felipe Bevilacqua, derrubou a liminar que permitia a presença de público em jogos do Flamengo nas competições nacionais. A decisão da suspensão se manterá pelo menos até a próxima reunião do Conselho Técnico dos clubes da série A, que irá ocorrer no próximo dia 28. 

 

O time rubro-negro, por sua vez, afirmou que irá respeitar a decisão e aguardar os próximos passos após a reunião do Conselho. Com isso, a próxima rodada do Campeonato Brasileiro está confirmada, visto que havia especulações sobre uma possível suspensão dos jogos após os outros 19 clubes da série A ameaçarem parar o campeonato. 

 

ENTENDA O CASO

 

A polêmica começou após o Fla entrar com pedido no STJD para a realizar a liberação de público em seus jogos dos campeonatos nacionais. A decisão do Supremo foi favorável e, com isso, o clube carioca conseguiu o retorno da torcida, enquanto o Conselho da Competição havia dito que a volta da torcida nos estádios se daria para todos ao mesmo tempo. 

 

Com a liberação do STJD, sem o aval da prefeitura do Rio de Janeiro, o Flamengo chegou a mandar seus jogos da Libertadores no estadio Mané Garrincha, em Brasilia.

 

As autoridades do Rio de Janeiro então optaram, no último dia 7, pela presença de 30% de público no estádio. Com isso, Mengão teve na última quarta-feira, contra o Grêmio pelas oitavas da Copa do Brasil, recebeu 6.446 torcedores (6.277 pagantes)

 

Antes disso, 17 clubes da série A do Brasileirão entraram com um pedido para revogar a decisão que permite a presença do público nos jogos do Mengão, já que os outros não teriam esse direito. Mas logo, o STJD negou o pedido, o que manteve a presença de torcedores confirmada. 

 

Os times, exceto Cuiabá e Atlético MG, ficaram inconformados e ameaçaram paralisar o campeonato. Na última terça-feira, o assunto tomou os noticiários esportivos, os quais afirmavam que as agremiações estariam preparando uma  carta para enviar à CBF. O manifesto deu-se pela inconformidade dos clubes de também retornarem com o público em seus jogos. Visto isso, os 19 clubes pediram o adiamento da próxima rodada do brasileiro, que acontecerá no final de semana.

 

Na carta haveria explicações dos motivos sobre porque as últimas decisões estariam sendo injustas com os clubes. Além disso, seria exposto que quer jogar sem o público é a maior punição do esporte dentro das quatro linhas, por isso, não torna-se viável a liberação apenas para um dentre os 20 clubes. 

 

DESFECHO
 

Portanto nesta quinta, o STJD derumou a liminar que permitia a presença de publico nos jogos do rubro-negro. Com isso, ficou confirmado que a próxima rodada do Brasileirão irá acontecer, no próximo domingo. 

 

Contudo, o clube carioca ainda tem esperanças de reverter a situação e segue aguardando as próximas decisões pelo conselho técnico junto a CBF. Quanto a liberação para outros estádios depende da decisão do governo municipal ou estadual.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »