04/10/2021 às 21h36min - Atualizada em 03/10/2021 às 23h00min

Flamengo vence o Athletico-PR e encosta na segunda posição do Brasileiro

Depois de uma dupla sequência sem vitórias, o time de Renato Gaúcho tenta voltar a disputa pelo primeiro lugar na competição

Taynná Mayane - labdicasjornalismo.com
Foto: Divulgação/Instagram Flamengo

Na 23ª rodada do Brasileirão, o Flamengo venceu por 3 a 0 o Athletico Paranaense no Maracanã, com gols de Andreas Pereira, que marcou o seu segundo com a camisa rubro-negra, Bruno Henrique e Everton Ribeiro. Na partida realizada no final da tarde deste domingo (03), o Furacão resolveu poupar a maioria dos titulares, enquanto o Mengão foi à campo com seu time principal.

 

Os dois clubes vinham de duas rodadas com finais completamente opostos. Athletico venceu os dois últimos jogos, mas por outro lado, o Flamengo não ganhava há duas partidas. O clube paranaense ainda espera pela estreia de Alberto Valentim, mas o novo técnico esteve acompanhando o jogo de perto.
 

 

Em campo, o Athletico manteve-se recuado inicialmente, e o time de Renato Gaúcho teve, sem dificuldades, o domínio do jogo na maior parte do tempo. O Flamengo, que iniciou o jogo com oportunidades de gol, marcou o primeiro com quatro minutos de jogo. Ao receber o passe de Bruno Henrique, o meia-campista Andreas chuta na trave, e Everton Ribeiro aproveita o rebote. A boa fase do Bruno Henrique continua subindo e o atacante, com menos de 5 minutos de participar da jogada que abriu o placar, marcou o seu gol na partida com assistência de Gabriel Barbosa.

 

Aos 38 minutos, o atacante do Furacão, Carlos Eduardo, sofreu pênalti cometido pelo Rodrigo Caio. No entanto, o lance estava impedido desde o início, o que anulou a melhor oportunidade no primeiro tempo para o time. Nos acréscimos, ainda teve a chance em uma cobrança de falta e outra em escanteio, mas perdeu a bola e entregou para contra-ataque ao Fla. Arrascaeta cruza o campo com a bola e dá assistência para Andreas marcar o terceiro gol Rubro-Negro aos 48min.

 

SEGUNDO TEMPO

 

O momento da partida inciou com alterações no Flamengo, com a substituição de Bruno Henrique que sentiu dores musculares para entrada de Kenedy. O Furacão começou a pressionar mais no segundo tempo, mas ainda continuava com menor posse de bola. Ainda no começo os dois clubes receberam cartões amarelos, os meias Nicolas do Athletico-PR ao derrubar o Everton Ribeiro, e o Arrascaeta do Flamengo ao atingir o rosto de Christian, que sofreu um corte e sangramento no nariz. 

 

O segundo tempo também foi marcado pela forte chuva que atingiu o campo e pelas finalizações perdidas para os dois lados. Para tentar dar mais ritmo a partida, o Furacão começou a fazer alterações com a substituição de Erick pelo Khellven e pouco tempo depois o Kayzer saiu para a entrada do Vinícius Alessandro. Enquanto isso, Renato Gaúcho começou a poupar seus titulares, com saídas de Filipe Luís, Gabriel, Isla e Everton Ribeiro, para a chegada de Renê, Pedro, Rodinei e Michael. Apesar das tentativas, o placar do primeiro tempo se manteve.

 

PRÓXIMOS CONFRONTOS

 

Na quarta-feira (06), os dois times vão para mais uma rodada do Brasileirão. O Athletico-PR recebe o Atlético-GO, às 19h, e o Flamengo joga no mesmo dia, às 20h30, contra o Bragantino, no interior de São Paulo.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »