05/10/2021 às 17h36min - Atualizada em 05/10/2021 às 15h19min

Boa performance brasileira aumenta expectativa de medalha em Mundial de Ginástica

Atletas que ganharam medalhas de ouro no Campeonato brasileiro fazem parte do time de convocados para o próximo Campeonato Mundial no Japão

Raniele Alves - labdicasjornalismo.com
Fonte: Folha de S. Paulo
O Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Ginástica Artística promovido pela Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) chegou ao fim no último domingo, 03. O evento contou com diversos destaques nacionais do esporte, dentre eles os três nomes que participarão do próximo Campeonato Mundial de Ginástica, no Japão. Foram quatro dias de disputa na capital Aracaju, que serviram como prévia para a próxima competição que acontecerá no final do mês na cidade Kitakyushu. O evento foi a última competição antes do atletas embarcarem para a Terra do Sol Nascente.

Durante o campeonato, os atletas convocados pela CBG para representar o país no próximo mundial apresentaram um bom desempenho, e ao lado de seus companheiros de clube, saíram da capital sergipana com medalhas. A começar por Rebeca Andrade. A atleta, logo no início da competição, tinha os holofotes voltados para si. A campeã olímpica, que faz parte da equipe feminina de ginástica do Flamengo, repetiu seu feito das olimpíadas e se apresentou ao som de Baile de Favela, garantiu duas medalhas durante a competição, uma individual e outra por equipe, ambas de ouro. 
                                                                                                            
Outro atleta que balançou a capital sergipana durante sua passagem foi o ginasta Caio Souza, do Minas Tenis Clube. Caio, que também irá representar o Brasil no mundial, demonstrou o quanto está preparado para a próxima competição. Em quase todos os aparelhos que ele se apresentou, obteve êxito. Sua atuação fez com que ele subisse ao pódio sete vezes, e deixou o brasileiro com seis medalhas de ouro e uma de prata. Quem também não ficou para trás foi o atual campeão mundial na barra fixa, Arthur Nory. O atleta do Clube Pinheiro não decepcionou e levou a medalha de ouro no aparelho pelo brasileiro. Já o ginasta Luis Porto, 7º colocado no salto e 11º no geral brasileiro, apesar de ter sido convocado previamente pela CBG, foi cortado da equipe mascuclina sem maiores explicações da confederação. Dessa forma, apenas 3 atletas representaram o país no mundial.

Nessa segunda, 04, um dia após o encerramento do campeonato brasileiro, os ginastas já iniciaram a sua jornada rumo ao Japão. Parte da delegação brasileira de ginástica embarcou diretamente de Aracaju a caminho de Doha, no Qatar.  Os atletas partem duas semanas antes do mundial começar para iniciar o processo de aclimatação do seu organismo. Da mesma forma que fizeram nas olimpíadas de Tóquio, os atletas passarão os próximos dias treinando na capital do Qatar para que desse modo seus corpos consiigam se adaptar as adversidades cilmáticas antes de finalmente partirem para o para o próximo campeonato no Japão 
no próximos dias.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »