04/11/2021 às 19h09min - Atualizada em 04/11/2021 às 18h39min

Halloween: da celebração a deuses Samhain ao famoso gostosuras ou travessuras

Conheça a origem da celebração que conhecemos como Halloween

Hellen Almeida - Editado por Larissa Bispo
Artigo: History of Halloween
Ilustração: abóboras de Halloween //Reprodução: Google

Noite 31 de outubro: alguns estão se aventurando em festividades ao brilho do luar, sendo até depois do badalar da meia-noite — pois não há Cinderella por aqui. Uma pessoa diferente da normal: vampiro, bruxa, aliens, zumbis… tudo isso misturado a gostosuras e travessuras. Curioso: qual seria sua reação ao saber que o Halloween não nasceu como conhecemos hoje, mas sim como celebração a deuses antigos?

 

A cerca de 2.000 anos atrás o povo Samhain — hoje conhecemos como Irlanda, Reino Unido e norte da França — celebrava seu ano novo no dia 1º de novembro, época essa que marcava a conclusão do verão quente e acolhedor para o início de um inverno impiedoso e assustador, que levava muitos entes queridos da população.



 

Acreditava-se que o véu entre o mundo dos vivos e os falecidos se tornava instável e consequentemente os mortos podiam vagar pelo mundo que um dia habitaram, facilitando a previsão do futuro que os aguardava. E que forma melhor de agradecer do que uma comemoração aos deuses com bastante comida e vestimenta constituída por pele de animais? Porém, tudo iria mudar…

 

A vinda da colonização

 

Como que para substituir a festividade celta, a igreja funda o “Dia de Todos os Santos”, celebrado em 2 de novembro com vestimentas de anjos e demônios aliados a muita comida. Primeiro de novembro passou a ser a véspera do dia de todos os santos e, consequentemente, desvinculando a data de uma comemoração celta para a sociedade.

 

Em contraponto, ocorriam festas de teatro nas colônias americanas: um momento onde para celebrar a boa colheita, com dança, música e histórias de terror entre seus habitantes. 

 

No século XIX, imigrantes irlandeses vieram a América e, com eles, traços da perdida comemoração Samhain, e se aliando ao costume europeu das fantasias usadas no Dia de Todos os Santos, passaram a usar trajes divertidos para pedir comida ou dinheiro — assim nasce o famoso "gostosuras ou travessuras” que conhecemos hoje. Entretanto, a festividade ainda teria que batalhar para existir.

 

Nasce o Halloween?

 

Nos anos 1800, os jornais incentivaram o povo a tirar qualquer aspecto “assustador” e “desagradável” da comemoração que já se tornava uma festividade tradicional da região, mas a festividade continuava firme e forte na população.

 

Ainda se acreditava que os fantasmas andavam pela terra neste dia e com medo, os vivos saiam de suas casas com fantasias e máscaras na esperança de se camuflarem em meio aos fantasmas. E para afastá-los de suas residências, colocavam comidas e vinhos nas portas de entrada (assim não havia motivo para entrarem?). 
 


 

E com esses pequenos passos, o Halloween se tornou o que conhecemos hoje: onde por uma noite podemos ser o que desejarmos ser.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »