23/06/2019 às 20h47min - Atualizada em 23/06/2019 às 20h47min

Argentina bate Catar, evita vexame e entra no caminho do Brasil

Hermanos passam de fase como segundo do grupo B e voltam a campo na sexta no Maracanã

Paulo Octávio - Editado por Amanda Cruz
Argentinos comemoram gol. Foto: Divulgação
No seu melhor jogo na Copa América, Argentina despachou o Catar, na Arena do Grêmio, e evitou uma eliminação que seria vexatória. A vitória tranquila de 2 x 0, com gols de Martínez e Aguero - e boa participação de Dybala -, e o triunfo da Colômbia sobre o Paraguai classificam os hermanos como segundos do grupo B. Eles já sabem quem vão enfrentar na próxima fase: a Venezuela. O vencedor deste confronto pode pegar o Brasil nas semifinais. Já o Catar, atual campeão da Ásia, está eliminado.
 
1º TEMPO
 
Argentina começou pressionando o Catar com velocidade. Aos dois minutos, Messi tabelou com Lo Celso e bateu para fora. Na sequência, a zaga tirou errado e Martinez perdeu uma boa chance. Não perderia a segunda. Logo no lance seguinte, Hisham saiu errado e deu de presente para Martínez, que escolheu o canto e abriu o placar. Hermanos seguiram na pressão, mas exageraram na força. Aos 12', Aguero fez boa jogada e acionou Lo Celso que isolou. Em desvantagem, Catar saiu de trás. Aos 17', o Al Heidos foi lançado nas costas da zaga e tentou por cobertura, só que Armani saiu e evitou o empate. Arbitragem marcou impedimento na jogada. Mesmo com os orientais ensaiando uma reação, os sul-americanos quase foram fatais. Aguero recebeu uma linda bola do Messi, entretanto o jogador do Manchester City, mesmo em boa condição, perdeu.
 
Aos 31', os argentinos receberam boa noticia: o gol da Colômbia em cima do Paraguai  confirmava a albiceleste em segundo e a tranquilizava. Mas Tagliafico  quis dar emoção ao jogo. Ele chegou atrasado e acertou o Pedro dentro da grande área. Árbitro e VAR nada deram. Hermanos continuaram tentando ampliar a vantagem. Paredes cobrou na cabeça de Otamendi, que desviou para fora . As falhas no ataque continuaram. De Paul bateu, Al Sheeb falhou, Aguero tentou pegar rebote, mas foi desarmado. Relaxada, a defesa argentina dava sustos e quase que Catar empatou a partida em duas oportunidades. Aos 39', Almoez cruzou e Al-Haydos desviou para fora, mas ele estava impedido. E aos 45' enquanto Armani arrumava barreira,  Al Hajri acertou a trave na cobrança da falta
 
Argentina foi para o intervalo em vantagem, mas não aliviada, pois time estava instável e dava espaços para o rival. Se Catar fosse mais efetivo e não tivesse a falha, de Hisham a história da primeira etapa seria diferente. Por isso, Messi saiu de campo com cara de poucos amigos.
 
2º TEMPO
 
Aos três, Aguerro tinha duas opções, preferiu bater direto na entrada da área, só que facilitou a vida do goleiro que pegou fácil. Aos sete, Pezzzella arriscou mas bate fraco. E a partir dos 14 minutos começou o festival de gols perdidos do Aguero. Messi serviu para Aguero, e ele  bateu com desvio. Dois minutos depois, ele bateu a queima roupa para boa defesa de Al Sheeb . E logo depois, Pezzella  cruzou, Aguero tentou, e lá estava o goleiro para  pegar. E aos 21, ele cortou e bateu da entrada da área para nova intervenção de Al Sheeb. Sem correr risco, já que o Catar não atacava, Scaloni atendeu desejo da torcida: aos 31' colocou  Dybala no lugar de Martínez. E o jogador da Juventus aproveitou a chance. Deu assistência para gol de Aguero, que driblou dois adversários e, enfim, fez o seu aos 37. E aos 48'  trocou passes com Dybala, Aguero, Messi e Acuna, que cruzou fraco e ficou fácil para o goleiro.
 
Albiceleste também celebrou o fim de jogo em Salvador. A vitória da Colômbia em cima do Paraguai deixou a Argentina com a vice liderança do grupo e a classificação garantida. Tristeza para o Catar, que foi eliminado.
 
PRÓXIMO CONFRONTO
 
A Argentina volta a campo para enfrentar a Venezuela, na próxima sexta-feira (28), às 16h (horário  de Brasília), no Maracanã. O vencedor deste confronto vai jogar a semi final contra quem passar de Brasil e um terceiro colocado a ser definido.
 
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »