30/05/2022 às 17h21min - Atualizada em 30/05/2022 às 17h18min

Com 25 títulos pelo Real, Marcelo se despede do clube espanhol

Após substituir Roberto Carlos, o lateral conquista títulos internacionais importantes: cinco Champions League e três Mundiais de Clubes

Maiara Montalvão Giudice Torres - labdicasjornalismo.com
Marcelo é saudado pelos companheiros em festa no estádio Santiago Bernabeu. Foto: Divulgação/Real Madrid
O lateral-esquerdo Marcelo encerrou sua passagem no Real Madrid no último domingo (29), após a final da Champions League. Isso um dia depois do time merengue confirmar seu décimo quarto título na competição, no Stade de France, em Paris.

O brasileiro se despede após ter conquistado 25 títulos pela agremiação e se tornar o estrangeiro com mais conquistas pelo clube espanhol.

 
 "É um momento maravilhoso da minha vida. Fecho um ciclo aqui, o melhor clube do mundo. Não é um dia de tristeza, é um dia de alegria porque ganhamos outra vez o melhor torneio do mundo. Estou muito orgulhoso de mim, e minha família também está. Vivemos noites mágicas juntos. E digo uma coisa: o futuro do Madrid está muito bem com os jovens”, disse ele




Sobre seu futuro, segundo o UOL, o lateral-esquerdo declarou diversas vezes a pessoas próximas que voltar agora ao Brasil não está nos planos a curto prazo. Marcelo deve sair da Espanha, mas permanecer em solo europeu.
 
Já entrevista à TV do Real Madrid, o brasileiro reforçou o desejo que possui de voltar a trabalhar pelo clube depois que se aposentar da carreira profissional. “Tenho que fazer algo com o clube, tenho que estar aqui. É o clube da minha vida. Tenho alguns anos para jogar e tal, mas preciso voltar já”, disse ele.


Durante a festa no estádio Santiago Bernabeu, Marcelo se emocionou bastante ao ser anunciado antes de entrar no palco com a taça da competição. Em seguida, ele recebeu todo o carinho e euforia da torcida madritista e foi erguido por seus companheiros.

Além dos milhões de torcedores, o lateral também conta com a admiração de colegas de profissão. “A história do Marcelo é fantástica, um jogador que chegou muito jovem e fez o que fez. E continua fazendo, conquistando e ganhando títulos. Ele representa muitas coisas para o Real Madrid, vai muito além do jogador que é", disse Sávio, ex-atacante do Real, em entrevista UOL Esporte.
 
O jogador, que foi o primeiro capitão brasileiro a erguer a taça da Liga dos Campeões, chegou ao Real Madrid com a missão de substituir Roberto Carlos, um ídolo do clube, na lateral-esquerda. 16 temporadas depois, Marcelo acumula cinco Champions League, três Mundiais de Clube, três Supercopas da Europa, seis campeonatos espanhóis, duas Copas da Espanha e cinco Supercopas da Espanha, somando 25 títulos com a camisa do Real.
 
Ele, Casemiro, Benzema, Modric, Kroos, Carvajal, Nacho, Bale e Isco (que não teve minutos na atual edição do campeonato) conquistaram cinco vezes a Liga dos Campeões.
 
Aos 34 anos, o brasileiro é um dos exemplos da filosofia do clube de não renovar o contrato de jogadores com idades mais avançadas. Raúl GonzálezCristiano Ronaldo e Sérgio Ramos também deixaram o Santiago Bernabéu como jogadores livres pelo mesmo motivo.
 
Além de seus diversos títulos por sua agora ex-equipe, ele conta com duas participações em Copas do Mundo, nos anos de 2014, no Brasil, e 2018, na Rússia. Também foi campeão da Copa das Confederações de 2013 pela seleção.

Marcelo foi revelado pelo Fluminense, time em que atuou profissionalmente de 2005 a 2006. Na temporada 2006/07, a promessa tricolor, aos 17 anos, foi vendida ao time Merengue por US$ 6 milhões. Times como Chelsea, Lyon Sevilla também disputavam a contratação do lateral.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »