15/07/2022 às 09h51min - Atualizada em 15/07/2022 às 09h46min

São Paulo derrota Palmeiras nos pênaltis e avança às quartas da Copa do Brasil

Após sofrer dois gols em três minutos, tricolor diminui de pênalti na etapa final e Jandrei vira herói nas cobranças decisivas

Felipe Sousa - Editado por: Alan Martins
Jogadores do São Paulo celebram classificação no Allianz Parque (Mauricio Rummens)
O jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil entre São Paulo e Palmeiras, disputado nesta quinta-feira (14) no Allianz Parque - que teve seu recorde de público com 41.361 presentes - contou com todos os ingredientes de uma grande decisão: heróis, vilões, emoção e polêmica. Os visitantes, que haviam vencido o jogo de ida por 1 a 0 no Morumbi, viram a vantagem construída em casa virar pó em questão de minutos, com os gols de Piquerez e Raphael Veiga. A partida foi decidida nos pênatis.

1º TEMPO

O Palmeiras iniciou avassalador e pressionou desde os primeiros segundos. A primeira chance de perigo veio de bola parada, quando Scarpa cobrou escanteio, Zé Rafael escorou e Murilo cabeceou por cima. Poucos minutos depois, o primeiro gol: Scarpa acionou Gabriel Veron, que foi até a linha de furo e tocou para trás; a bola chegou até Piquerez, que bateu forte com pé esquerdo no contrapé de Jandrei. 1 a 0.

Estava tudo igual no agregado, mas o Verdão foi para cima: aos 12 minutos, Dudu fez boa jogada pela esquerda e tocou pela esquerda para Raphael Veiga, que finaliza no cantinho para ampliar a vantagem. Depois do segundo gol, o São Paulo procurou reter a bola, mas pouco incomodou um confortável Palmeiras em campo.

As melhores jogadas do tricolor saíam pelo lado direito do ataque, Foi por lá que Igor Vinícius avançou e cruzou para a área; a bola rebateu na defesa do Palmeiras e sobrou para Calleri, que chutou sem jeito à direita da meta de Weverton.

Gabriel Veron, pivô de uma polêmica ao longo da semana por ter sido flagrado bebendo em uma festa, quase conquistou sua redenção aos 39 minutos: em contra-ataque, Veiga acionou o jovem palmeirense em velocidade, que tentou driblar Jandrei e finalizar; o goleiro se sobressaiu no lance e fez ótima defesa.

2º TEMPO

Sem muitas opções, o São Paulo se lançou ao ataque: logo no primeiro minuto, após uma bola rebatida em cobrança de escanteio, Welington chutou de longe e Weverton defendeu no susto. O goleiro do Palmeiras também trabalhou ao defender uma finalização colocada de Igor Vinícius alguns minutos depois.

A resposta veio em outro contra-ataque, novamente com Gabriel Veron, que avançou e chutou na saída de Jandrei; a bola passou amortecida pelo goleiro são paulino e Gabriel Neves afastou. No lance seguinte, depois de um rebote em cobrança de escanteio, Dudu chutou e a bola bateu na mão de Calleri dentro da área. O árbitro de vídeo chamou Leandro Vuaden e, após revisão, o pênalti foi marcado. Na cobrança, Raphael Veiga mandou a bola por cima do travessão.

Logo depois, Calleri recebeu na área e escorregou antes de finalizar; o argentino reclamou um pênalti cometido por Gustavo Gomez. O árbitro foi novamente chamado ao monitor e marcou a penalidade após constatar um puxão do paraguaio. Na cobrança, Luciano deslocou Weverton e diminuiu.

Com o empate no placar agregado, o jogo ficou mais aberto. Jandrei foi o destaque novamente após defender chute de Dudu. O goleiro do São Paulo também fez boa intervenção após finalização de Gustavo Scarpa. Com o final do jogo à vista, as duas equipes se conformaram com a disputa por pênaltis.

Penalidades

Raphael Veiga, o cobrador oficial do Palmeiras, foi o primeiro a bater e desperdiçou a cobrança: Jandrei defendeu. Na sequência, Luciano insistiu na batida à esquerda de Weverton, mas desta vez o goleiro levou a melhor. Em seguida, converteram Gustavo Scarpa, Gustavo Gomez e Piquerez para o Palmeiras e Calleri, Nikão e Igor Vinícius para o São Paulo. Na última série de cobranças, Wesley (que entrou no segundo tempo) viu sua cobrança ser defendida por Jandrei e Igor Gomes teve categoria para fazer o gol de pênalti decisivo e levar o São Paulo às quartas de final da Copa do Brasil. 
. Agora, o São Paulo aguarda sorteio para saber qual será o adversário nas quartas de final.

Próximos confrontos

Agora, as duas equipes viram a chave para o Campeonato Brasileiro: enquanto o Palmeiras recebe o Cuiabá no Allianz Parque no próximo domingo (18) às 20h (de Brasília), o São Paulo terá pela frente o Fluminense no Morumbi às 16h (de Brasília) do mesmo dia.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »