03/08/2022 às 15h50min - Atualizada em 03/08/2022 às 15h32min

Flamengo bate o Corinthians e abre vantagem na Libertadores

Vitória rubro-negra teve gol polêmico de Arrascaeta e quebra de jejum do Gabigol; derrotado, time paulista vai precisar de feito inédito no torneio continental

Guilherme Castro - labdicasjornalismo.com
Gabigol marca e deixa Fla perto da vaga nas semifinais da Libertadores: Marcelo Cortês/ CR Flamengo

O Flamengo venceu o Corinthians por 2 a 0 no primeiro jogo das quartas de final da Copa Libertadores da América. Os gols da partida foram marcados pelo uruguaio Arrascaeta e por Gabigol. A partida foi disputada na Neo Química Arena, em São Paulo.
 

Com essa vitória, o Mengão garante uma boa vantagem para o jogo de volta no Maracanã. O Corinthians tem que, no mínimo, marcar dois gols e não tomar nenhum para se manter vivo na decisão. Timão nunca reveteu uma desvantagem desse tamanho no torneio continental. O jogo de volta será disputado na terça-feira (9), às 21h30, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

O gol de Arrascaeta gerou polêmica, mas foi legal. A atualização da regra da bola na mão garante que o lance, agora, só será invalidado se o jogador que fizer o gol tocar com a mão ou braço na bola. Além disso, a arbitragem entendeu que o toque no João Gomes foi acidental.

Já o marcado por Gabigol deu fim ao jejum de seis jogos sem marcar e deixa o centroavante perto de se tornar o brasileiro com mais gols na história da Libertadores. Se fizer mais dois, ele ultrapassa Luizão, que tem 29 gols na competição. Além disso, a vitória amplia a sequência de jogos invictos do Flamengo nas mãos de Dorival Júnior, que agora tem sete partidas sem perder.
 

1º TEMPO

 

A primeira boa chance foi do Timão e aconteceu logo aos três minutos de jogo. A defesa do Flamengo saiu jogando errado e deu a bola de presente para Maycon, ele toca para Yuri Alberto, que acha Mosquito bem posicionado, o atacante finalizou e parou na defesa de Santos. Aos 17 minutos, a equipe corinthiana perde o volante Maycon, que sentiu após um entrada dura de Thiago Maia, o jogador fazia um bom jogo até aquele momento, mas foi substituído pelo argentino Fausto Vera.

 

Depois da saída de Maycon, o Timão passou a sofrer mais pressão, aos 30 minutos Pedro girou e tentou sair da marcação dupla, ele tocou para Gabigol que foi travado pela defesa alvinegra. Pouco depois, aos 32 minutos, Arrascaeta já começava a assustar a zaga corinthiana, o meia mandou um belo chute de fora da área e Cássio ficou com a bola. Aos 35 minutos, Gustavo Mosquito invadiu a área pela esquerda e finalizou bem, Santos estava bem posicionado e agarrou com tranquilidade.

 

O primeiro gol rubro-negro saiu aos 36 minutos, Cantillo desarma, mas erra na saída de bola, que bate no braço de João Gomes e cai no pé de Arrascaeta. O uruguaio aproveita a oportunidade e bate colocado no ângulo, sem chances de defesa para Cássio. O toque no braço foi considerado não intencional pelo árbitro, que validou o gol do Mengão

 

2º TEMPO

 

Insatisfeito com a atuação do time na primeira etapa, Vítor Pereira fez alterações para o segundo tempo, Róger Guedes e Giuliano entraram no lugar de Adson e Cantillo. Aos cinco minutos, Rodinei fez bela jogada individual e passou por Fausto Vera, ele toca para Gabigol livre de marcação, o centroavante aproveitou o escorregão do Balbuena e só precisou ajeitar o corpo antes de mandar a bola no cantinho do gol de Cássio.

 

O Corinthians tentou reagir após o segundo gol, aos sete minutos, Róger Guedes invadiu a grande área e bateu de longe, mas para novamente na defesa de Santos. Aos 11 minutos, Róger Guedes recebe pela esquerda e toca para Piton, ele domina, porém para em mais uma grande defesa de Santos. Outra bela jogada originada com Arrascaeta, aos 15 minutos ele cruza na área e David Luiz cabeceia bem e faz Cássio trabalhar.

 

Aos 33 minutos, Vidal recebe um passe perfeito de Arrascaeta e finaliza pro gol, Bruno Mendez teve que se jogar no chão para impedir que o chute fosse em direção ao gol.

O Corinthians não tinha muita criatividade nas jogadas e optou pelos chutes de longe, aos 36 minutos
Roni recebeu a bola na intermediária e finalizou com força, Santos ficou com a bola. No último lance de jogo, aos 48 minutos, Victor Hugo recebe dentro da área e finaliza bem e para em uma defesaça de Cássio.

 

PRÓXIMOS CONFRONTOS

 

Os dois times voltam atenções para a 21ª rodada do Brasileirão no próximo sábado (6). Próximo jogo do Timão será diante do Avaí, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, às 19h. No mesmo dia, o Flamengo enfrenta o São Paulo, no Morumbi, em São Paulo, às 20h30.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »